Busca avançada
Ano de início
Entree

Autoassociação de sais complexos de surfatantes e copolímeros aleatórios e enxertados

Processo: 08/10980-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Watson Loh
Beneficiário:Ana Maria Percebom Sette da Silva
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Química coloidal   Surfactantes   Copolímeros   Cristais líquidos

Resumo

A proposta deste projeto surgiu do interesse de ampliar o trabalho de mestrado desenvolvido pela bolsista Ana Maria Percebom (processo 2007/05914-0). O primeiro projeto visava verificar o efeito de diferentes estruturas químicas e/ou monômeros de poli-ânions sobre as propriedades de autoassociação do surfatante hexadeciltrimetilamônio, utilizando os copolímeros poli(4-ácido estirenossulfônico-co-ácido maleico), P(SS-AM) e o poli(ácido metacrílico-co-metacrilato etoxilado), P(MAA-MAEO). O P(SS-AM) seria utilizado para investigar o efeito de se ligar o surfatante a todos os grupos ácidos ou apenas a alguns, já que este copolímero apresenta três grupos ácidos com valores de pKa diferentes. Sais complexos preparados a partir de outro copolímero estatístico, o P(MAA-MAEO), seriam utilizados para estudar o efeito dos oligômeros de óxido de etileno pendentes ao longo da cadeia sobre a hidrofilicidade do polímero, sobre o empacotamento das moléculas de surfatante e, consequentemente, sobre a curvatura preferencial e tipo dos agregados ou mesofases formados. O objetivo era apenas estudar a autoassociação destes sais complexos em sistemas binários (em água) e ternários (através da adição de um álcool como 1-butanol ou 1-decanol), através da determinação de seus diagramas de fases e análise estrutural das mesofases formadas utilizando a técnica de espalhamento de raios-X a baixos ângulos, SAXS. Os resultados obtidos para o sal complexo CTAP(SS-AM) até o momento, mostraram a formação de interessantes sistemas de micelas normais e reversas que necessitam ser estudados com mais detalhe, através de outras técnicas, para obtenção de informações estruturais dos agregados. Sabe-se que o P(MAA-MAEO) é bastante hidrofílico e, por isso, o sal complexo deste copolímero também deverá formar fases micelares aquosas. Portanto, pretende-se ampliar o estudo deste copolímero, para verificar o efeito no fenômeno de autoassociação do surfatante causado tanto pela mudança da proporção entre as unidades monoméricas, quanto pela variação no comprimento das cadeias de oligômeros de óxido de etileno. Para que estes estudos pudessem ser estendidos, devido à grande importância para diversas áreas e aplicações dos estudos de sistemas micelares e outras estruturas formadas pela associação de polímeros e surfatantes, foi proposto este projeto de conversão do mestrado em doutorado direto. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PERCEBOM, ANA MARIA; LOH, WATSON. Controlling the phase structures of polymer/surfactant complexes by changing macromolecular architecture and adding n-alcohols. Journal of Colloid and Interface Science, v. 466, p. 377-387, MAR 15 2016. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Ana Maria Percebom Sette da. Autoassociação de sais complexos de surfatantes e copolímeros aleatórios e enxertados. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.