Busca avançada
Ano de início
Entree

Cromatografia Líquida Multidimensional de Alta Eficiência com Emprego de Colunas de Acesso Restrito: Aplicações na Investigação do Metabolismo in vitro de Fármacos

Processo: 09/01304-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Quezia Bezerra Cass
Beneficiário:Pedro Henrique Viana de Carvalho
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fármacos   Cromatografia líquida

Resumo

Um procedimento analítico envolve, dentre outras, quatro etapas principais, sendo estas: (a) o preparo das amostras; (b) a separação analítica; (c) o sistema de detecção empregado e (d) o processamento dos dados obtidos. Em procedimentos bioanalíticos, na análise de pequenas moléculas em fluidos biológicos, o preparo de amostras ainda é considerado o fator limitante no que concerne ao tempo total da análise.Nos últimos anos, vários esforços têm sido conduzidos para a realização do preparo de amostras de maneira rápida, que permita analisar um elevado número de amostras em um curto intervalo de tempo.Dentre as diferentes estratégias adotadas, o uso de suportes extratores especiais, tais como as fases de acesso restrito (RAM; do inglês: restricted access media) têm se destacado como uma estratégia atrativa, especialmente por permitirem injeções direta e repetitiva de amostras biológicas complexas nos sistemas cromatográficos. Estes suportes especiais, quando integrados aos sistemas de CLAE (Cromatografia Líquida de Alta Eficiência), proporcionam automação; facilidade no preparo das amostras; minimizam as perdas do analito, usualmente associadas aos processos de extração off line e, consequentemente, proporcionam rapidez no tempo total de análise.Assim, este projeto propõe o preparo de diferentes colunas de meios de acesso restrito de albumina sérica bovina, imobilizada em sílica quimicamente derivada do tipo C18, C8, ciano, fenil e também suportes de troca aniônica e catiônica, com posterior avaliação destas colunas quanto às suas propriedades retensivas para fármacos antituberculose, assim como, quanto à exclusão das macromoléculas presentes em microssomas obtidos de fígados de ratos.Em uma primeira fase, será desenvolvido e validado um método cromatográfico multidimensional, com injeção direta de amostras biológicas, para a quantificação simultânea de rifampicina, isoniazida e pirazinamida em frações microssomais. Na segunda fase, atenção especial será dada à aplicação do método multidimensional desenvolvido para a investigação do efeito da má nutrição proteica-calórica no metabolismo in vitro dos fármacos antituberculose selecionados, empregando frações microssomais e análise por Cromatografia Líquida Multidimensional de Alta Eficiência.