Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação glutamatérgica e encefalinérgica nos efeitos induzidos pela anfetamina na resposta inflamatória alérgica pulmonar de camundongos

Processo: 09/01826-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:João Palermo Neto
Beneficiário:Eduardo Kenji Hamasato
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/14128-0 - Neuroimunomodulação: efeitos do estresse e de citocinas nas relações bidirecionais entre os sistemas nervosos central e imune, AP.TEM
Assunto(s):Anfetamina   Sistema imune   Camundongos   Glutamatos   Neuroimunomodulação

Resumo

A asma é considerada a doença crônica pulmonar que mais acomete as pessoas em todo o mundo. Nas últimas duas décadas, tem-se documentado a capacidade que inúmeras drogas de abuso, como por exemplo, a anfetamina tem de prejudicar muitos aspectos de funções do sistema imune, atuando diretamente em células imunes e/ou indiretamente por via neuroimune, visto que, exercem profundos efeitos comportamentais e neuroquímicos. Ao modificar a atividade do sistema nervoso autônomo simpático e neuroendócrino, a anfetamina influencia a atividade do sistema imune e o início, o desenvolvimento e o tratamento de diversas doenças, dentre elas, a asma.Estudos recentes têm demonstrado que o glutamato e as encefalinas atuam não apenas como neurotransmissores, mas também, como importantes moduladores imunes por atuarem em receptores presentes em células do sistema imune. Mais que isso, mostrou-se a presença desses neurotransmissores em células imunes, assim como a expressão de seus transportadores, receptores e enzimas de síntese. O glutamato, em particular, tem sido considerado um importante elo de conexão entre os sistemas nervoso central e imune. Por outro lado, o tratamento agudo com anfetamina aumentou os níveis de encefalinas no baço e no timo, e produziu ao mesmo tempo, uma diminuição da resposta linfoproliferativa. Assim, é possível que ambas as transmissões: glutamatérgica e encefalinérgica sejam modificadas após a administração de anfetamina. Desta forma, parece-nos relevante abordar, a participação dos sistemas glutamatérgico e encefalinérgico nos efeitos induzidos pela anfetamina no modelo de inflamação alérgica pulmonar.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HAMASATO, EDUARDO KENJI; LIGEIRO DE OLIVEIRA, ANA PAULA; LINO-DOS-SANTOS-FRANCO, ADRIANA; RIBEIRO, ALISON; DE PAULA, VIVIANE FERRAZ; SCHATZMANN PERON, JEAN PIERRE; DAMAZO, AMILCAR SABINO; TAVARES-DE-LIMA, WOTHAN; PALERMO-NETO, JOAO. Effects of MK-801 and amphetamine treatments on allergic lung inflammatory response in mice. International Immunopharmacology, v. 16, n. 4, p. 436-443, AUG 2013. Citações Web of Science: 9.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
HAMASATO, Eduardo Kenji. Participação glutamatérgica nos efeitos induzidos pela anfetamina na resposta inflamatória alérgica pulmonar de camundongos. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.