Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do condroitim sulfato fucosilado na malária

Processo: 09/01618-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Fabio Trindade Maranhão Costa
Beneficiário:Marcele Fontenelle Bastos
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Imunoparasitologia   Malária cerebral

Resumo

Malária é sem dúvida a doença parasitária mais importante do mundo infectando anualmente 300-500 milhões de indivíduos. Apesar da maioria dos casos não acarretarem em morte, 1-3 milhões de infecções evoluem para as formas graves da doença, malária severa, tais como; malária cerebral (MC) e gestacional (MG). MC é um fenômeno multifatorial no qual ocorre a adesão de eritrócitos infectados (EI) pelo parasita em diferentes receptores expressos na superfície de células endoteliais. Além do processo de citoaderência parasitária, indivíduos com MC e MG apresentam um desbalanço da resposta imune, acarretando numa elevada expressão de citocinas pró-inflamatórias. Polissacarídeos sulfatados são macromoléculas conhecidas por apresentarem um amplo espectro de importantes propriedades biológicas. Estudos mostraram que rosetas podem ser rompidas por glicoconjugados sulfatados como a heparina, o fucoidan e o dextran sulfato. Assim, apesar de ter sido aplicada no tratamento da malária severa, o uso da heparina vem sendo evitado devido a sua ação hemorrágica. Condroitina sulfato fucosilada (FucCS), um polissacarídeo altamente sulfatado, extraído de pepino do mar, Luwigothurea grisea, apresenta analogia em estrutura com a heparina, apresentando propriedades anticoagulantes, porém sem efeito hemorrágico significativo. Além desta, parece exibir ação anti-selectina e anti-inflamatória. Desta maneira, abre-se perspectivas para utilização da FucCS no tratamento da malária cerebral experimental e no processo de adesão parasitária em receptores endoteliais.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BASTOS, Marcele Fontenelle. Efeitos do condroitim sulfato fucosilado na malária. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA CONTENDO CONDROITIN SULFATO FUCOSILADO (FucCS) PARA TRATAMENTO E PREVENÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DA MALÁRIA CEREBRAL E GESTACIONAL E SEU USO PI1001787-9 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) . Fabio Trindade Maranhão Costa; Marcele Fontenelle Bastos; Cláudio Chrysostomo Werneck; Cristina Pontes Vicente; Paulo Antonio de Souza Mourão; Mauro Sérgio Gonçalves Pavão; Yara Carollo Blanco - 22 de junho de 2010