Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de dica auditiva na marcha livre e adaptativa em Pacientes com Doença de Parkinson

Processo: 09/02862-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Lilian Teresa Bucken Gobbi
Beneficiário:Natalia Madalena Rinaldi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Marcha   Controle motor   Doença de Parkinson

Resumo

Desordens na marcha são identificadas em pacientes com DP, comprometendo a capacidade de se locomover independente e a interação com o ambiente. Irregularidades no ambiente podem desafiar ainda mais o controle motor destes indivíduos para realizar tarefas locomotoras com sucesso. Além do tratamento medicamentoso feito com levodopa, que provoca melhoras nos parâmetros da marcha, dicas auditivas têm sido utilizadas para auxiliar e modular o padrão locomotor destes indivíduos. Entretanto, pouco se sabe sobre o efeito da dica auditiva durante a locomoção adaptativa, especialmente em associação com os efeitos da levodopa. Ainda, poucos estudos encontrados na literatura, comparam os pacientes com idosos sadios na utilização de dica auditiva durante a marcha livre e com obstáculos. Para responder estes questionamentos, este projeto compreende dois estudos: o Estudo 1 tem como objetivo verificar o efeito de dica auditiva na marcha de livre de pacientes com DP e idosos sadios; o Estudo 2 tem como objetivo verificar o efeito de dica auditiva na marcha durante a ultrapassagem de obstáculo em pacientes com DP e idosos sadios. Em ambos os estudos, com intuito de investigar o efeito do medicamento na locomoção, os pacientes serão testados no estado off e on do medicamento. Participarão deste projeto 30 indivíduos, distribuídos em dois grupos (Grupo 1: pacientes com DP e Grupo 2: idosos sadios) e avaliados em dois momentos. Após consentir em participar do projeto, avaliações clínicas do estágio de evolução e do comprometimento da doença serão realizadas por um neuropsiquiatra. Para investigar o padrão locomotor, análises cinemática, cinética e eletromiográfica serão utilizadas em ambos os estudos. Especificamente, no Estudo 2, duas alturas de obstáculos serão utilizadas e padronizadas como segue: alto (metade da altura do joelho) e baixo (altura do tornozelo). A fim de verificar possíveis diferenças entre os grupos e as condições experimentais, separadamente para cada análise, testes de multivariância serão utilizados, com um nível de significância de p<0,05.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RINALDI, Natalia Madalena. Efeito de dica auditiva na marcha livre e adaptativa em pacientes com doença de Parkinson. 2011. 140 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.