Busca avançada
Ano de início
Entree

Práticas de aleitamento materno, prevalência de anemia e deficiência de ferro em Acrelândia, Acre, Brasil

Processo: 09/02640-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Marly Augusto Cardoso
Beneficiário:Fernanda Serra Granado
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anemia   Deficiência de ferro   Aleitamento materno   Amazônia

Resumo

Introdução: A anemia e deficiência de ferro na infância interferem nos processos de desenvolvimento e crescimento acarretando efeitos deletérios futuros no desenvolvimento cognitivo e motor. Entre os principais fatores de risco para a anemia na infância estão a prematuridade, a baixa reserva de ferro fetal, o baixo peso ao nascer, a baixa concentração de hemoglobina no recém-nascido e o baixo nível socioeconômico, além da curta duração do aleitamento materno exclusivo. O leite materno (LM) é reconhecido, cientificamente, como fonte segura de alimentação por nutrir e suprir as especificidades fisiológicas do organismo e deve ser oferecido exclusivamente às crianças nos primeiros seis meses de vida, segundo recomendação oficial da Organização Mundial da Saúde (OMS). Objetivo principal: Caracterizar a evolução das práticas de aleitamento materno, prevalência de anemia e deficiência de ferro em crianças menores de 2 anos residentes na área urbana de Acrelândia, Estado do Acre. Métodos: O delineamento do estudo será do tipo transversal de base populacional, utilizando-se análise temporal de dados obtidos em dois inquéritos transversais de base populacional realizados na área urbana do município de Acrelândia, Acre, em 2003 e 2007. Parâmetros hematológicos para definição de anemia e deficiência de ferro serão analisados a partir das concentrações de hemoglobina sanguínea, ferritina e receptor de transferrina séricas, juntamente com informações obtidas de forma padronizada nos dois inquéritos sobre práticas de aleitamento materno, variáveis socioeconômicas e ambientais dos domicílios, reprodutivas (materna) e de morbidade e assistência primária à saúde infantil. O presente estudo integra parte de um conjunto de pesquisas epidemiológicas intitulado "Saúde e Nutrição de Crianças Pré-Escolares da Amazônia Ocidental Brasileira: Um Estudo de Coorte (FAPESP 2007/53042-1). Os resultados da presente análise contribuirão para o planejamento de intervenções em saúde visando à redução do perfil de risco para deficiência de ferro na infância. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRANADO, FERNANDA SERRA; AUGUSTO, ROSANGELA APARECIDA; MUNIZ, PASCOAL TORRES; CARDOSO, MARLY AUGUSTO; TEAM, ACTION STUDY. Anaemia and iron deficiency between 2003 and 2007 in Amazonian children under 2 years of age: trends and associated factors. PUBLIC HEALTH NUTRITION, v. 16, n. 10, p. 1751-1759, OCT 2013. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GRANADO, Fernanda Serra. Evolução de indicadores nutricionais de saúde infantil entre 2003 e 2007 em área urbana de Acrelândia, Acre. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.