Busca avançada
Ano de início
Entree

Inovação, estudos CTS e comunicação científica: a divulgação das pesquisas de materiais cerâmicos e nanotecnologia

Processo: 09/03280-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Jornalismo e Editoração
Pesquisador responsável:Danilo Rothberg
Beneficiário:Letícia Passos Resende
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cidadania   Informação   Nanotecnologia   Comunicação científica

Resumo

Os Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) mantidos pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) trabalham em pesquisa multidisciplinar, de natureza básica e orientada à inovação tecnológica, e na transferência de conhecimento para os setores empresarial e público, além de buscar a interação com o sistema educacional. Os Cepids buscam o estabelecimento de parcerias com agentes responsáveis pela implementação de políticas públicas e incentivam a criação de pequenas empresas que assimilem os resultados de suas pesquisas. Daí a necessidade de ações consistentes de comunicação pública de ciência e tecnologia. Este projeto propõe conhecer o alcance das estratégias de comunicação de um dos Cepids que, por sua projeção, deve ampliar sua atuação na forma do Instituto Nacional de Ciência dos Materiais em Nanotecnologia, segundo o Edital Nº 15/2008 do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico): o Centro Multidisciplinar para o Desenvolvimento de Materiais Cerâmicos (CMDMC), de São Carlos, SP. No campo da comunicação da ciência, a produção do CMDMC é ampla e enfoca especialmente uma área de pesquisa e desenvolvimento na qual têm sido investidos crescentes recursos no Brasil: a nanotecnologia de materiais. O CMDMC divulga rotineiramente sua atuação em veículo de informação online. Em seu sítio na internet (www.cmdmc.com.br), também oferece acesso a 28 programas audiovisuais que produziu em uma série intitulada "Da cerâmica clássica à nanotecnologia", com duração média de 15 minutos cada, e gerou 70 programas, também com duração média de 15 minutos cada, veiculados no Canal Universitário de São Carlos (tv a cabo), sobre suas pesquisas. A perspectiva de estudos CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade), à qual se relaciona esta proposta de pesquisa, pode trazer contribuição relevante à análise de um objeto de comunicação científica. Quando a comunicação é tida como instrumento de esclarecimento da sociedade em geral em relação aos impactos sociais da ciência e da tecnologia, abre-se um campo promissor de pesquisa, que busca identificar o papel da informação para o fortalecimento da cidadania na formulação participativa de políticas públicas de pesquisa e desenvolvimento. Este projeto propõe o estudo dos instrumentos de comunicação do CMDMC com a metodologia de análise de enquadramento. Os resultados serão apreciados diante dos modelos de comunicação pública da ciência, que assinalam carac­terísticas, objetivos e finalidades da popularização da ciência em relação às exigências da chamada cidadania informada, ou seja, o exercício do direito civil de liberdade de informação como precondição para se sustentar o status de cidadão nos processos de participação política.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)