Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da inclusão de frutooligossacarídeo em dietas ricas em fibra dietética para suínos em fase inicial: características de carcaça, metabolismo e perfil de agv

Processo: 09/03184-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Fábio Enrique Lemos Budiño
Beneficiário:Daniela Junqueira Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Assunto(s):Leitões   Carnes e derivados   Prebióticos   Digestibilidade   Alfafa

Resumo

Para verificar o efeito da adição do prebiótico frutooligossacarídeo (FOS) em rações ricas em fibra dietética sobre o perfil de ácidos graxos voláteis (AGV), pH, teor de nitrogênio amoniacal, características de carcaça, características da carne e metabolismo de leitões, serão utilizados animais de um experimento 1 conduzido no Setor de Suinocultura do Instituto de Zootecnia/APTA/SAA. Neste, serão utilizados 72 leitões, homogêneos quanto à linhagem, de ambos os sexos, pesando aproximadamente 6 kg de peso vivo, com idade aproximada de 23 dias. Serão testados os tratamentos: T1 - Ração basal + 0% FOS; T2 - Ração basal + 0,3% FOS; T3 - Ração com 5% de Alfafa + 0% FOS; T4 - Ração com 5% de Alfafa + 0,3% FOS; T5 - Ração com 10% de Alfafa + 0% FOS; T6 - Ração com 10% de Alfafa + 0,3% FOS. Ao final do período experimental um leitão por repetição será abatido e destes serão coletadas amostras do intestino para as análises do perfil de AGV (acético, butírico e propiônico), pH e teor de nitrogênio amoniacal, também serão avaliadas as características de carcaça (peso da carcaça quente, peso dos órgãos, índice de escoriação, salpicamento, avaliação da dispersabilidade da gordura, espessura e profundidade de toucinho, área e comprimento de olho de lombo, peso dos cortes anatômicos) e características da carne (atividade de água, pH, cor, umidade, perda por cocção, perda por exsudação, capacidade de retenção de água, força de cisalhamento e porcentagem de lipídios). Para avaliação do metabolismo energético e nitrogenado dos leitões será realizado um experimento 2, onde serão testadas as mesmas dietas, utilizando um total de 24 suínos, mestiços (LD x LW), machos castrados, com peso inicial de 20 kg alojados em gaiolas de digestibilidade.