Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do reconhecimento da flagelina extra e intracelular nos processos de piroptose e autofagia em macrófagos

Processo: 09/03644-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Ramalho Bortoluci
Beneficiário:Silvia Lucena Lage
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/50958-8 - Interação entre receptores da imunidade inata na ativação de macrófagos e células dendríticas, AP.JP
Assunto(s):Flagelina   Piroptose   Macrófagos   Autofagia

Resumo

O reconhecimento de padrões moleculares associados à patógenos por receptores de reconhecimento de padrões presentes nas células da imunidade inata, como receptores do tipo Toll e do tipo Nod, pode controlar o destino das células hospedeiras através de mecanismos distintos. Neste sentido, o processo de piroptose, uma forma de morte celular induzida por infecção, vem sendo descrito como um importante mecanismo de controle da infecção pelas células da imunidade inata, apresentando grande relevância na modulação da inflamação. De maneira interessante, o processo de autofagia, uma via homeostática de degradação celular, têm sido relacionado às interações patógeno-hospedeiro como um importante mecanismo de defesa da resposta imune inata contra patógenos intracelulares, por permitir a fusão fagolisossomal e, assim, ultrapassar as estratégias desenvolvidas por esses patógenos no intuito de escapar da resposta imune do hospedeiro. Para investigar os mecanismos moleculares que regulam estes processos na imunidade inata, o reconhecimento da flagelina em sua forma livre ou inserida em vesículas lipídicas, que permitem sua liberação para o citosol, torna-se um excelente modelo experimental, uma vez que permite a ativação de receptores TLR e NLR, respectivamente. Sendo assim, a proposta central deste projeto é investigar a influência do reconhecimento extracelular e intracelular da flagelina nos processos de autofagia e piroptose e as suas consequências na resistência de macrófagos à infecção por Salmonella tiphymurium.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.