Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura genética e variação altitudinal em uma espécie da Mata Atlântica

Processo: 09/03676-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Vera Nisaka Solferini
Beneficiário:Rafael Flora Ramos
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Genética populacional   Repetições de microssatélites   Estruturas genéticas   Mata Atlântica   Rubiaceae

Resumo

A organização espacial da variabilidade genética em uma população é referida como estrutura genética populacional e está sob influência de fatores demográficos e históricos da população analisada. Na Mata Atlântica, as variações decorrentes dos gradientes altitudinais podem ser importantes para a diversidade e a estrutura genética em diversas espécies vegetais. Coussarea meridionalis (Rubiaceae) é uma espécie da Mata Atlântica encontrada no sub-bosque das Florestas Montana e Submontana dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O objetivo deste estudo é analisar a organização da variabilidade genética em diferentes escalas espaciais em C. meridionalis. Serão estudadas populações distribuídas ao longo de um gradiente altitudinal e ao longo da distribuição geográfica da espécie. Serão coletadas folhas de indivíduos em três cotas altitudinais (100, 400 e 1000m acima do nível do mar) no Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Picinguaba e em áreas de Mata Atlântica do litoral norte do estado de São Paulo e sul do estado de Rio de Janeiro. O DNA das folhas será extraído em laboratório e serão realizadas análises de microssatelites utilizando primers desenvolvidos para Psychotria tenuinervis (Rubiaceae). A diversidade e a estrutura genéticas serão analisadas em diferentes escalas espaciais: (1) dentro de uma única parcela; (2) entre parcelas da mesma cota altitudinal; (3) entre parcelas de diferentes cotas altitudinais e (4) entre parcelas ao longo da distribuição geográfica da espécie.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RAMOS, Rafael Flora. Estrutura genética em escala geográfica reduzida em Euterpe edulis Mart. (Arecaceae), uma palmeira da Mata Atlântica. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.