Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos de Gentrificação na Reestruturação de Centros Urbanos - Políticas Públicas, Estratégias de Intervenção e Produção de Interesse Social na Nova Luz

Processo: 09/03423-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Regina Maria Prosperi Meyer
Beneficiário:Simone Ferreira Gatti
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/57423-4 - A nova etapa do percurso metropolitano de São Paulo (as dinâmicas urbanas, as novas territorialidades e a dimensão urbano-ambiental da metrópole de São Paulo), AP.TEM
Assunto(s):Políticas públicas   Áreas centrais   Reestruturação urbana   Gentrificação   História do urbanismo

Resumo

O projeto propõe como tema geral uma análise dos processos de reestruturação de centros urbanos, cujo principal desdobramento a ser abordado é a gentrificação, ou seja, a valorização imobiliária do setor definido para intervenção urbana e a conseqüente transformação de sua estrutura social. O objetivo é analisar a gentrificação desde o início do processo de retomada dos centros pela classe média na década de 60 e a formação do conceito de gentrificação pela inglesa Ruth Glass (1964) até a conjuntura presente no processo tardio de valorização dos centros urbanos dos países em desenvolvimento. A pesquisa pretende abordar, entre outros autores, o pensamento do geógrafo britânico Neil Smith (1996), que consolidou o tema como fenômeno social presente nas cidades contemporâneas, e os casos emblemáticos de reestruturação dos centros urbanos cujos modelos influenciaram o Brasil e, sobretudo, São Paulo, sob a ótica das políticas públicas, das estratégias de intervenção e da participação do Estado e da iniciativa privada, a fim de se verificar as possíveis formas de manutenção da diversidade social no processo de reestruturação urbana, sobretudo no que se refere à produção e manutenção de habitação de interesse social em áreas centrais.Propõe-se como estudo de caso uma análise detalhada da Nova Luz a fim de se investigar as políticas públicas e estratégias de intervenção em curso, bem como as possíveis ações conjuntas com a Secretaria de Ação Social e a Secretaria de Habitação, sobretudo no que se refere à implementação da ZEIS 3 inserida no perímetro de intervenção. Pretende-se assim que a gestão pública, através de parcerias entre o setor público e o setor privado - as PPP's, em desenvolvimento na região da Luz, possa ser acompanhada e comparada a casos semelhantes já concluídos.A principal meta desta pesquisa é contribuir para a avaliação das práticas de reestruturação urbana que via de regra tem criado processos de substituição de classes sociais no interior das áreas demarcadas pelos projetos e, com isso, ampliado a desintegração social nas cidades.