Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização da produção de celulases a partir de substratos alternativos

Processo: 09/03534-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Rubens Maciel Filho
Beneficiário:Oscar Mauricio Díaz Rodríguez
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Bioetanol   Celulase   Biocombustíveis

Resumo

Ultimamente a principal matéria-prima utilizada para a produção de etanol é a sacarose da cana-de-açúcar. A grande disponibilidade de material lignocelulósico no Brasil a baixos custos torna o desenvolvimento de tecnologias para hidrolisar este material e usá-lo como matéria-prima bastante atraente. Uma das opções no Brasil é usar o bagaço de cana ou outra fonte de celulose como matéria-prima para a produção de etanol. Com o uso de materias lignocelulósicos pode-se conseguir um significativo aumento da produção de etanol sem aumentar a área plantada, além de ser possível diminuir os custos de produção. Existem vários estudos no país referente a produção de etanol por hidrólise de materiais lignocelulósicos, utilizando a hidrólise ácida e a enzimática. Embora a hidrólise ácida de biomassa seja eficiente e relativamente barata, gera resíduos poluentes e produtos que inibem a fermentação posterior. Dessa forma, a sacarificação enzimática tem sido objeto da maior parte dos estudos hoje no mundo, embora no estágio de desenvolvimento atual, este processo ainda seja economicamente inviável. Na hidrólise enzimática a quebra das moléculas de celulose fica a cargo de enzimas chamadas celulases. Essas enzimas são capazes de hidrolisar a celulose até moléculas de glicose e pequenos oligossacarídeos, as mesmas constituem-se em um complexo de enzimas encontradas em secreções de microrganismos, como fungos e bactérias. Esse complexo enzimático é constituído por um conjunto de três enzimas hidrolíticas: as endo-b-1,4-glicanases, as exo-b-1,4-glicanases ou celobiohidrolases e as b-1,4-glicosidases .A produção no Brasil dessas enzimas reduzirá a dependência das importações e os custos inerentes a essas operações, uma vez que a maior parte dessas matérias-primas é adquirida no exterior e chega ao Brasil com um preço bastante elevado.O objetivo deste projeto é otimizar a produção de celulase utilizando o microorganismo Penicillium echinulatum em um meio de cultivo alternativo. Além disso, pretende-se identificar as substâncias indutoras e inibidoras da produção de celulase, bem como determinar a cinética de produção e um modelo matemático adequado para a representação dos dados experimentais.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RODRÍGUEZ, Oscar Mauricio Díaz. Otimização da produção de celulases a partir de substratos alternativos. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.