Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de Mutações no Gene DMRT1 em Pacientes Portadores de Distúrbios do Desenvolvimento Sexual 46,XY e 46,XX por anormalidades gonadais.

Processo: 09/03872-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Sorahia Domenice
Beneficiário:Thatiana Evilen da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Mutação

Resumo

A determinação sexual nos mamíferos constitui a etapa inicial do complexo processo do desenvolvimento sexual, do qual participam inúmeros genes, fatores transcricionais, moléculas sinalizadoras, hormônios e seus receptores. Durante este processo, a gônada embrionária indiferenciada (bipotencial) passa por uma transformação estrutural que determinará uma gônada feminina ou masculina. Os eventos subsequentes à determinação da gônada promoverão a diferenciação das genitálias interna e externa. Em humanos, mutações em diversos genes como: SRY, SOX9, SF1/NR5A1, WT1 e DHH; assim como o desequilíbrio na dosagem gênica por duplicações do locus DSS (genes DAX1-NROB1/ MAGEB) ou dos genes WNT4/RSPO-1 e deleções da região 9p24.3 (DMRT1), foram descritas em pacientes 46,XY portadores de distúrbios do desenvolvimento sexual (DDS) por anomalias do desenvolvimento gonadal associados em diversos casos a quadros sindrômicos. O conhecimento em relação aos genes envolvidos no processo de determinação gonadal feminina tem aumentado expressivamente nos últimos anos, mudando o conceito inicial do desenvolvimento passivo da gônada feminina. Genes como FOXL2, GDF9 e BMP15 estão relacionados ao fenótipo de disgenesia gonadal 46,XX e/ou falência ovariana prematura. Deleções do cromossomo 9p foram associadas a distúrbios do desenvolvimento sexual, indicando que esta região contém genes essenciais para o desenvolvimento gonadal. O gene DMRT1 está localizado no braço curto do cromossomo 9 na região p24.3. Em camundongos o Dmrt1 é detectado entre o 10.5 ao 11.5 d.p.c. nas gônadas bipotenciais em ambos os sexos. A partir do 12.5 d.p.c. os transcritos do gene se localizam nas células de Sertoli e nas células germinativas do testículo. O Dmrt1 exerce um papel na diferenciação das células de Sertoli e em relação às células germinativas controla sua migração radial e sua sobrevivência nos períodos fetal e pós-natal. No camundongo XX mutante para o gene Dmrt1 -/- e Dmrt1 +/- observou-se a presença de ovários normais e de fertilidade nestes animais. Apesar disso, deleções na região onde o gene está localizado no cromossomo 9 já foram descritas em pacientes XX e demonstraram uma associação à espectros de desenvolvimento gonadal que vão do ovário normal á ovários severamente disgenéticos. O objetivo deste projeto é pesquisar a presença de deleções do gene DMRT1 e de mutações inativadoras neste gene em um grupo de 40 pacientes portadores de DDS por anormalidades do desenvolvimento gonadal 46,XY e 52 pacientes 46,XX, sendo 25 pacientes portadoras de disgenesia gonadal e 27 pacientes portadoras de falência ovariana prematura. A metodologia de estudo proposta objetivando o estudo do efeito de dosagem do gene DMRT1 será a técnica de MLPA. Para a pesquisa de mutações inativadoras neste gene será realizada a amplificação do DNA genômico pela reação de polimerização em cadeia (PCR) usando oligonucleotídeos específicos para o gene DMRT1 seguida pelo seqüenciamento das amostras. Os resultados deste projeto poderão contribuir com informações importantes e inéditas para a compreensão do real papel do DMRT1 na etiologia dos DDS 46,XY e 46,XX.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, ALINE ZAMBONI; DA SILVA, THATIANA EVILEN; FRADE COSTA, ELAINE MARIA; DOS SANTOS, MARIZA GERDULO; NISHI, MIRIAN YUMIE; BRITO, VINICIUS NAHIME; MENDONCA, BERENICE BILHARINHO; DOMENICE, SORAHIA. Absence of inactivating mutations and deletions in the DMRT1 and FGF9 genes in a large cohort of 46,XY patients with gonadal dysgenesis. EUROPEAN JOURNAL OF MEDICAL GENETICS, v. 55, n. 12, p. 690-694, DEC 2012. Citações Web of Science: 4.
DA SILVA, THATIANA EVILEN; NISHI, MIRIAN YUMIE; FRADE COSTA, ELAINE MARIA; MARTIN, REGINA MATSUNAGA; CARVALHO, FILOMENA MARINO; MENDONCA, BERENICE BILHARINHO; DOMENICE, SORAHIA. A novel WT1 heterozygous nonsense mutation (p.K248X) causing a mild and slightly progressive nephropathy in a 46,XY patient with Denys-Drash syndrome. Pediatric Nephrology, v. 26, n. 8, p. 1311-1315, AUG 2011. Citações Web of Science: 5.
DA SILVA‚ T.E.; NISHI‚ M.Y.; COSTA‚ E.M.F.; MARTIN‚ R.M.; CARVALHO‚ F.M.; MENDONCA‚ B.B.; DOMENICE‚ S. A novel WT1 heterozygous nonsense mutation (p. K248X) causing a mild and slightly progressive nephropathy in a 46‚ XY patient with Denys-Drash syndrome. Pediatric Nephrology, p. 1-5, 2011.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Thatiana Evilen da. Pesquisa de mutações no gene DMRT1 em pacientes portadores de distúrbios do desenvolvimento sexual (DDS) 46,XY por anormalidades gonadais. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.