Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento floral e expressão sexual em espécies de Ficus L. (Moraceae)

Processo: 09/04435-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Simone de Pádua Teixeira
Beneficiário:João Paulo Basso Alves
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ficus   Anatomia vegetal   Evolução vegetal   Ontogenia

Resumo

A unissexualidade das flores em angiospermas parece ter surgido independentemente em múltiplos níveis taxonômicos, tendo em vista a análise da distribuição desse caráter nos cladogramas. De modo geral a unissexualidade é obtida pela redução funcional de um dos sexos numa flor. A esterilidade de um dos órgãos sexuais pode decorrer da perda ou supressão de primórdios, o que pode ser elucidado por meio de estudos morfológicos do desenvolvimento floral. Além disto, tais estudos são de grande importância no entendimento de mecanismos evolutivos de sistemas reprodutivos. Ficus L. é um ótimo modelo para estes estudos, uma vez que possui representantes monóicos, dióicos e com monoicia secundária. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é estudar, do ponto de vista morfológico, o desenvolvimento floral e suas implicações na expressão sexual de espécies de Ficus (F. citrifolia, F. insipida, F. montana, F. sycomorus) pertencentes a linhagens com diferentes sistemas reprodutivos e modos de polinização (ativo e passivo). Sicônios contendo botões florais em vários estádios de desenvolvimento serão dissecados em lupa, fixados em FAA 50 e preparados para observações de superfície em microscopia eletrônica de varredura (MEV) e histológicas em microscopia de luz. Os dados obtidos serão comparados qualitativamente entre as espécies. Será de especial interesse comparar as vias ontogenéticas que culminam na maturação de apenas um sexo na flor, a partir da análise dos estádios iniciais de desenvolvimento florais. Assim, espera-se obter uma melhor compreensão dos mecanismos que atuaram no surgimento e na reversibilidade da unissexualidade em Ficus. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BASSO-ALVES, JOAO PAULO; SANTINELO PEREIRA, RODRIGO AUGUSTO; PENG, YANG-QIONG; TEIXEIRA, SIMONE PADUA. Different ontogenetic processes promote dicliny in Ficus L. (Moraceae). ACTA OECOLOGICA-INTERNATIONAL JOURNAL OF ECOLOGY, v. 57, n. SI, p. 5-16, MAY 2014. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.