Busca avançada
Ano de início
Entree

Biologia populacional e reprodutiva do Syllidae Exogone (Exogone) breviantennata Hartmann-Schröder, 1959 (Polychaeta: Exogoninae)

Processo: 09/04708-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Antonia Cecília Zacagnini Amaral
Beneficiário:Micael Eiji Nagai
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia reprodutiva   Dinâmica de populações   Polychaeta

Resumo

Estudos de dinâmica populacional são muito importantes para a compreensão da estrutura das comunidades associadas ao ecossistema e constituem uma valiosa ferramenta para o manejo de ambientes marinhos costeiros. Os Polychaeta são um dos grupos mais diversos do ambiente marinho, apresentando uma importância biológica muito grande por servir de base alimentar para uma grande quantidade de organismos, além de muitas espécies incorporem detritos orgânicos em sua massa corporal, colaborando para o ciclo da matéria orgânica. Os Syllidae são conhecidos por sua alta diversidade, sendo espécies generalistas que vivem em ambientes crípticos e em organismos sésseis; sua biologia reprodutiva é apenas parcialmente conhecida, sendo a epitoquia um processo comum entre eles. Neste projeto serão analisadas a dinâmica populacional e a biologia reprodutiva do silídeo Exogone (E.) breviantennata (Exogoninae) em dois bancos de Mytela charruana, localizados na Praia do Camaroeiro e na Praia da Cidade, Enseada de Caraguatatuba, Litoral Norte do Estado de São Paulo, propondo-se a: analisar e comparar distribuições espaço-temporal, abundâncias e densidades das populações; analisar o crescimento e a biologia reprodutiva dessas populações; analisar as influências de fatores ambientais no crescimento, na mortalidade e nos processos reprodutivos dessas populações. Foram realizadas coletas mensais no período de Maio de 2006 a Abril de 2007 onde foi delimitado um setor retangular dividido em 15 transectos, a cada mês sorteava-se um destes para amostragem, sendo que em cada transecto foi amostrado um ponto por nível (superior, médio e inferior). Em cada coleta, foi estimada a densidade de bivalves em cada nível e obtidas medidas do comprimento e da largura do banco para o cálculo da área. A temperatura do ar, do sedimento e da água do mar e a salinidade da água intersticial foram medidas. Foram recolhidas amostras mensais de sedimento dos três pontos de coleta para a análise dos parâmetros granulométricos e dos teores de calcário e matéria orgânica (MO). Os poliquetas foram anestesiados, fixados e preservados. Será realizada análise morfométrica dos indivíduos de Exogone (E.) breviantennata, utilizando análise discriminante para verificar a ocorrência de diferenças morfométricas. Para as estimativas de crescimento, mortalidade e longevidade será utilizado o modelo generalizado de Von Bertalanffy (VBGF). A produção secundária será avaliada, assim como a razão entre a produção e a biomassa anual da espécie. O ciclo reprodutivo será estudado através de lâminas histológicas e serão avaliados a razão sexual e o índice de maturidade.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NAGAI, Micael Eiji. Biologia populacional do poliqueta exogone (exogone) breviantennata Hartmann-Schröder, 1959 (Syllidae: Exogoninae). 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.