Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e o efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada

Processo: 09/04574-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Rafael Francisco Lia Mondelli
Beneficiário:Ana Carolina Trentino
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Escovação dentária   Clareamento de dente   Dentística

Resumo

A alteração de cor dos dentes apresenta-se como um dos fatores que mais concorrem para o equilíbrio do sorriso, sendo o clareamento dental amplamente solicitado pelos pacientes, difundido na mídia e realizado pelos Cirurgiões Dentistas. Com o aparecimento de novas técnicas, de agentes clareadores em várias concentrações e formas de ativação (química e física), que são indicados na técnica de consultório sob isolamento absoluto, se faz necessária a investigação da sua ação sobre as estruturas dentais.O objetivo deste trabalho será avaliar o o pH das substâncias clareadoras, o desgaste e a alteração de rugosidade superficial, após escovação simulada, do esmalte de dentes bovinos submetidos à ação de diferentes concentrações de agentes clareadores a base de peróxido de hidrogênio de ativação física (fotoativação) ou não. Serão obtidos 90 corpos de prova, 10 para cada grupo, de formato retangular com 1,5 X 0,5 cm, sendo a metade superficial de cada espécime utilizada como controle e a outra submetida ao agente clareador e posterior escovação. No teste de abrasão (escovação simulada) será utilizada uma máquina de escovação apropriada e uma base metálica especialmente desenvolvida, de tal modo que a ação da escova dental seja exercida somente na metade da superfície do espécime (esmalte) que receberá o tratamento clareador. Antes e após o clareamento será realizada a avaliação de rugosidade (Ra), e os corpos de prova armazenados em saliva por 7 dias, com troca diária para remineralização e submetidos á 100.000 ciclos de escovação simulada. Posteriormente será aferida a rugosidade final (Ra) determinado pela média de três leituras utilizando o aparelho rugosímetro modelo Hommel Tester T 1000. O desgaste superficial (mm) será determinado com o rugosímetro na função de perfilômetro.Os resultados serão tabulados e receberão tratamento estatístico pela análsie de variância e teste de Tukey para comparações individuais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TRENTINO, ANA CAROLINA; SOARES, ANA FLAVIA; HUNGARO DUARTE, MARCO ANTONIO; ISHIKIRIAMA, SERGIO KIYOSHI; LIA MONDELLI, RAFAEL FRANCISCO. Evaluation of pH Levels and Surface Roughness After Bleaching and Abrasion Tests of Eight Commercial Products. Photomedicine and Laser Surgery, v. 33, n. 7, p. 372-377, JUL 1 2015. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TRENTINO, Ana Carolina. Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e seu efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.