Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise discursiva da literatura como dispositivo enunciativo: o caso de "cadeiras proibidas"

Processo: 09/04675-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Roberto Leiser Baronas
Beneficiário:Samuel Ponsoni
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sujeito

Resumo

Este projeto de pesquisa visa à compreensão das recriações e dos simulacros literários constituídos a partir dos discursos do contexto histórico-político do Brasil durante os anos da ditadura militar (1964-1985), sobretudo os anos 1970 e que estejam presentes na obra Cadeiras proibidas (1976), do autor brasileiro Ignácio de Loyola Brandão. Essas manifestações serão estudadas de acordo com as categorias da Análise do Discurso de linha francesa (doravante AD), a fim de compreender em quais pontos e como o período sociohistórico em questão é mobilizado por um discurso literário fiador da cena enunciativa em que se deu a publicação do livro. Mobilizaremos estes conceitos da pesquisa à luz dos estudos realizados por Maingueneau (2006) sobre discursos constituintes (filosófico, religioso, científico e literário). Segundo o teórico, nessas práticas discursivas existe a imanência de sentidos e o fechamento em si como a origem e a legitimidade nas redes de memória dos interdiscursos, dessa maneira compondo a autoridade no como, quem e o que pode ser dito, nos acontecimentos enunciativos de um dado contexto. Foi possível para esse discurso literário, envolvido em Cadeiras proibidas, ancorar-se apenas em sua imanência, sem que os discursos históricos sejam introduzidos nas condições de produção e de construção de sentidos dos acontecimentos discursivos apresentados na tessitura dos simulacros dos textos? Ou esses sentidos são relacionados nas narrativas, ancorados não em uma imanência de significações nas palavras, mas na dependência das formações discursivas que as enunciam, fazendo com que essas palavras signifiquem no mundo? Tentar responder às questões postas se constitui no objetivo central do presente projeto. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)