Busca avançada
Ano de início
Entree

Funcionamento velofaríngeo com e sem obturador faríngeo após palatoplastia primária

Processo: 09/04916-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Inês Pegoraro Krook
Beneficiário:Raquel Rodrigues Rosa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Fissura palatina   Fenda labial   Insuficiência velofaríngea

Resumo

O trabalho tem como objetivo avaliar os resultados de fala em 30 crianças, com idades entre 7 e 14 anos, com fissura unilateral completa de lábio e palato operada, que permaneceram com DVF e que temporariamente estão utilizando obturador faríngeo, enquanto aguardam melhora do funcionamento velofaríngeo para definição de procedimento cirúrgico para reparo da insuficiência. Em particular, a avaliação da nasalidade da fala e da emissão de ar nasal serão os aspectos de interesse deste estudo e as amostras a serem analisadas serão obtidas nas condições sem e com o obturador faríngeo, utilizando-se um protocolo de avaliação de fala. Os julgamentos de emissão de ar nasal e ressonância de fala (hipernasalidade e hiponasalidade) serão utilizados para comparação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)