Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão gênica diferencial e indução de caracteres morfológicos em Apis mellifera

Processo: 09/05675-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Zilá Luz Paulino Simões
Beneficiário:Ana Durvalina Bomtorin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/03926-5 - Genômica funcional de Apis mellifera: busca de novos genes e redes funcionais no contexto do desenvolvimento, da diferenciação de castas e da reprodução, AP.TEM
Assunto(s):Abelhas   Interferência de RNA   Biologia do desenvolvimento

Resumo

A diferenciação morfo-fisiológica entre rainhas e operárias de Apis mellifera decorre da alimentação diferencial recebida durante o desenvolvimento larval, que estimula o aumento da produção de Hormônio Juvenil nas larvas que originarão rainhas. Dentre as diversas diferenças morfológicas entre operárias e rainhas encontram-se estruturas especializadas para a coleta de pólen e própolis, localizadas na região da tíbia e do basitarso das pernas posteriores de operárias. A diferenciação das pernas tem início entre o quarto e o quinto estágio do desenvolvimento larval e em pupas de olho marrom é possível se observar as estruturas casta-específicas nas pernas das abelhas. Estudos anteriores de níveis de transcritos e imunolocalização indicam a participação de Ubx durante o desenvolvimento diferencial das pernas posteriores das operárias. Resultados preliminares de hibridação de lâminas de microarrays mostraram 103 genes super-expressos em rainhas, dos quais 71 possuem ortólogos conhecidos em Drosophila e 68 em operárias, dos quais 45 com ortólogos em Drosophila. Dentre estes, destacam-se dois grupos: genes da via de insulina e relacionados ao metabolismo de Hormônio Juvenil. Ao desenvolver este projeto pretendemos adicionar elementos para o entendimento do papel de Ultrabithorax e da metil-transferase do Hormônio Juvenil no contexto do desenvolvimento diferencial de estruturas morfológicas e comportamentais - presença e ausência de corbícula e o comportamento de coletora e não coletora de pólen - tendo como modelo o terceiro par de pernas de operárias e rainhas de A. mellifera.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOMTORIN, ANA DURVALINA; MACKERT, ALINE; COUTO ROSA, GUSTAVO CONRADO; MODA, LIVIA MARIA; MARTINS, JULIANA RAMOS; GENTILE BITONDI, MARCIA MARIA; HARTFELDER, KLAUS; PAULINO SIMOES, ZILA LUZ. Juvenile Hormone Biosynthesis Gene Expression in the corpora allata of Honey Bee (Apis mellifera L.) Female Castes. PLoS One, v. 9, n. 1 JAN 29 2014. Citações Web of Science: 25.
MODA, LIVIA MARIA; VIEIRA, JOSEANA; GUIMARAES FREIRE, ANNA CLAUDIA; BONATTI, VANESSA; BOMTORIN, ANA DURVALINA; BARCHUK, ANGEL ROBERTO; PAULINO SIMOES, ZILA LUZ. Nutritionally Driven Differential Gene Expression Leads to Heterochronic Brain Development in Honeybee Castes. PLoS One, v. 8, n. 5 MAY 30 2013. Citações Web of Science: 13.
BOMTORIN, ANA DURVALINA; BARCHUK, ANGEL ROBERTO; MODA, LIVIA MARIA; PAULINO SIMOES, ZILA LUZ. Hox Gene Expression Leads to Differential Hind Leg Development between Honeybee Castes. PLoS One, v. 7, n. 7 JUL 25 2012. Citações Web of Science: 9.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BOMTORIN, Ana Durvalina. Expressão de Ultrabithorax e o Desenvolvimento Casta-Específico de Apêndices Torácicos de Apis mellifera. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.