Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade de Cladocera (Crustacea, Anomopoda e Ctenopoda) em reservatórios e trechos lóticos da Bacia do Rio da Prata (Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai)

Processo: 09/06149-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Marcos Gomes Nogueira
Beneficiário:Danilo Augusto de Oliveira Naliato
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cladocera   Biogeografia   Reservatórios de água   Rio da Prata

Resumo

Ao longo das últimas décadas a construção de reservatórios para atender usinas de geração de energia elétrica vem modificando intensamente muitas bacias hidrográficas. Esta interferência antrópica requer uma série de pesquisas contínuas que subsidiem ações prioritárias de conservação e manejo. Nos sistemas aquáticos interiores os cladóceros apresentam uma grande importância devido ao seu papel na transferência de energia entre produtores (fitoplâncton) e grandes consumidores (macroinvertebrados e peixes), representando uma grande parte da biomassa do zooplâncton continental. Um outro aspecto relevante é que algumas espécies, ou relação de abundância entre estas, serem potenciais bioindicadores da qualidade do meio. Dado o fato de que as bacias dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai não foram estudadas detalhadamente quanto à distribuição (em macro-escala) desses organismos, esse projeto visa analisar a distribuição geográfica e alguns atributos ecológicos dos cladóceros nesses rios e seus principais tributários, e particularmente nos grandes reservatórios. Também se pretende elucidar algumas lacunas referentes à taxonomia destes organismos. Foram selecionados para a realização do estudo 15 grandes reservatórios com tempo de residência superior a 20 dias, além de alguns trechos lóticos, nas porções alta e baixa de cada rio. As coletas serão realizadas em dois períodos do ano - estação seca/inverno (junho/julho de 2009) e estação chuvosa/verão (janeiro/2010), nas zonas de montante e barragem de cada reservatório e na calha principal dos trechos lóticos. Serão medidas as variáveis limnológicas: temperatura da água, pH, oxigênio dissolvido, condutividade, turbidez, potencial de óxido-redução, clorofila-a, nitrogênio e fósforo total, material em suspensão e transparência. Adicionalmente serão considerados os padrões climatológicos (precipitação, vento, temperatura) e o funcionamento dos reservatórios, como tempo de residência, cota altimétrica e vazão defluente. Em laboratório serão processadas as amostras de nitrogênio e fósforo totais, clorofila-a e material em suspensão. As amostras de zooplâncton serão analisadas qualitativa e quantitativamente. Alguns atributos ecológicos como composição, riqueza de espécies, abundância total e relativa, diversidade, equitabilidade e sua relação com as variáveis limnológicas, climatológicas e operacionais, serão determinados. Análises estatísticas descritivas simples e multi-variadas serão utilizadas para verificar a correlação entre os dados obtidos e a determinação de tendências de distribuição espacial e temporal dos principais cladóceros. Junto à distribuição geográfica dos táxons identificados, será elaborado um guia (com fotografias digitais, ilustrações, micrografias eletrônicas de varredura e diagnoses taxonômicas) que auxilie na identificação dos organismos, feito o depósito dos espécimes em museus e organização de uma coleção científica. Além da influência de processos atuais, simultaneamente analisados, aspectos históricos (biogeografia, formação das bacias) e seu papel nas distribuições geográficas dos cladóceros também serão contemplados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PERBICHE-NEVES, GILMAR; SAITO, VICTOR SATORU; SIMOES, NADSON RESSYE; DEBASTIANI-JUNIOR, JOSE ROBERTO; DE OLIVEIRA NALIATO, DANILO AUGUSTO; NOGUEIRA, MARCOS GOMES. Distinct responses of Copepoda and Cladocera diversity to climatic, environmental, and geographic filters in the La Plata River basin. Hydrobiologia, v. 826, n. 1, p. 113-127, JAN 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NALIATO, Danilo Augusto de Oliveira. Diversidade da Cladocera (Crustacea, Anomopoda e Ctenopoda) em reservatórios e trechos lóticos da bacia do Rio Prata (Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai). 2013. 96 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.