Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos estruturais e cinéticos das enzimas adenosina kinase e Hipoxantina-guanina fosforibosiltransferase de Schistosoma mansoni

Processo: 09/06692-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Richard Charles Garratt
Beneficiário:Larissa Romanello
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14138-2 - Center for Structural Molecular Biotechnology, AP.CEPID
Assunto(s):Cristalografia de proteínas   Schistosoma mansoni   Proteínas   Cristalografia

Resumo

O Schistosoma mansoni, parasita responsável pela esquistossomose, doença que afeta cerca de 300 milhões de pessoas em todo mundo, não possui a via de síntese de purinas, dependendo integralmente da via de salvação de purinas para seu suprimento de bases de purina. A adenosina kinase (AK) e a Hipoxantina-guanina fosforibosiltransferase (HGPRT) são enzimas chave desta via, sendo AK responsável pela fosforilação direta de adenosina para adenosina monofosfato (AMP) e a HGPRT catalisa a fosforibosilação reversível de hipoxantina e guanina para IMP ou GMP.Esta via tem sido citada como alvo potencial para o desenvolvimento de novos fármacos contra a esquistossomose. Os objetivos principais deste projeto são: realizar a caracterização bioquímica das enzimas, determinar as constantes catalíticas para os diversos substratos das enzimas e a estrutura tridimensional por difração de raio-x das enzimas Adenosina Kinase e Hipoxantina-guanina fosforibosiltransferase de Schistossoma Mansoni.Este trabalho faz parte de um projeto maior que visa a obtenção de todas as estruturas das enzimas envolvidas na via de salvação de purinas de S . mansoni, bem como as constantes catalíticas destas enzimas a fim de realizar a modelagem computacional desta via metabólica.