Busca avançada
Ano de início
Entree

Insuficiência cardíaca por excesso de catecolaminas: influência do treinamento físico aeróbico associado à sobrecarga de leucina na musculatura esquelética

Processo: 09/06830-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Alessandra Medeiros
Beneficiário:Wilson Max Almeida Monteiro de Moraes
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema musculoesquelético   Músculo esquelético   Fisiologia do exercício   Treinamento físico   Leucina   Insuficiência cardíaca

Resumo

A insuficiência cardíaca (IC) é uma síndrome de alta incidência e mau prognóstico, caracterizada por fadiga, dispnéia e grande limitação aos esforços físicos. As limitações referentes aos esforços físicos podem estar associadas não somente ao comprometimento "central" (bomba cardíaca), mas também às alterações morfofuncionais da musculatura esquelética, como alteração na distribuição de fibras musculares de oxidativas para glicolíticas, rarefação vascular e atrofia, contribuindo para a antecipação da fadiga periférica. Em estágios avançados a atrofia pode progredir para a caquexia, marcada por um desequilíbrio entre as vias de síntese e degradação protéica que contribuem ainda mais para o mau prognóstico e aumento da mortalidade dos pacientes. Dessa forma, estratégias que visem atenuar as mudanças ocorridas na musculatura esquelética, na progressão da IC, podem ser importantes. O treinamento físico aeróbico é uma importante ferramenta, bem estabelecida, para reversão de alterações desencadeadas pela IC, já que é capaz de reverter os tipos de fibras, de glicolíticas para oxidativas, melhorar a capilarização da musculatura esquelética e diminuir a atrofia. Por outro lado, aos aminoácidos, e, em particular, à leucina tem-se atribuído efeitos tróficos capazes de atenuar a degradação e/ou aumentar a síntese protéica. Entretanto, ainda são desconhecidos os efeitos das duas estratégias associadas (treinamento físico aeróbico e sobrecarga de leucina) nessas alterações observadas no músculo esquelético do paciente com IC. Sabendo dos potenciais efeitos tróficos dessas estratégias, no presente projeto pretendemos verificar o efeito do treinamento aeróbico e sobrecarga de leucina associadas sobre a atrofia muscular e alterações morfofuncionais da musculatura esquelética associada à IC em um modelo genético de IC induzida por hiperatividade simpática em camundongos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALMEIDA MONTEIRO DE MORAES, WILSON MAX; MELARA, THAIS PLASTI; MORAES DE SOUZA, PAMELLA RAMONA; GUIMARAES, FABIANA DE SALVI; MARCHESI BOZI, LUIZ HENRIQUE; BRUM, PATRICIA CHAKUR; MEDEIROS, ALESSANDRA. Impact of Leucine Supplementation on Exercise Training Induced Anti-Cardiac Remodeling Effect in Heart Failure Mice. NUTRIENTS, v. 7, n. 5, p. 3751-3766, MAY 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.