Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da hiperglicemia e do estresse oxidativo na cinética de proliferação e morte celular no epitélio acinar da próstata de ratos diabéticos

Processo: 09/06885-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Rejane Maira Góes
Beneficiário:Marina Guimarães Gobbo
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Diferenciação celular   Reprodução   Diabetes mellitus   Estresse oxidativo   Próstata   Apoptose

Resumo

O diabetes é a doença metabólica de incidência crescente na atualidade, cujas complicações tem sido amplamente estudadas em muitos órgãos, mas permanecem ainda pouco compreendidas no caso das glândulas acessórias. Seus prejuízos são, em grande parte, causados pela hiperglicemia que leva à glicosilação não enzimática das biomoléculas, com a subseqüente formação de produtos finais de glicação não-enzimática (AGE) e superprodução de espécies reativas de oxigênio (ROS). O aumento de AGE e dos níveis de estresse oxidativo tem sido implicados na indução de apoptose e na etiologia de várias doenças degenerativas ocasionadas pelo diabetes. Estudos anteriores desenvolvidos em nosso laboratório, com o uso de modelo de diabetes induzido experimentalmente pela aloxana, demonstraram que essa doença interfere na cinética das células epiteliais acinares, aumentando os níveis de apoptose, independentemente da queda dos níveis andrógenos, indicando o possível papel da hiperglicemia e do aumento no estresse oxidativo nesses processos. A presente investigação pretende avaliar a influência da hiperglicemia e do estresse oxidativo sobre cinética da proliferação e apoptose das células epiteliais acinares da próstata ventral de ratos diabéticos e o possível papel protetor da vitamina C nessas alterações. Serão utilizados quatro grupos experimentais: controle, controle tratado com vitamina C, diabético e diabético tratado com vitamina C. O diabetes será induzido experimentalmente em ratos machos Wistar adultos por meio de injeção endovenosa de estreptozotocina (5 mg/100g de peso corporal) e o tratamento com ácido ascórbico será efetuado por meio de doses diárias 150mg/Kg de peso corporal, via gavagem. Os ratos serão sacrificados após 1 mês de diabetes (níveis glicêmicos acima de 200 mg/dl) ou de tratamento vitamínico a próstata ventral será removida, pesada e os fragmentos processados para inclusão em parafina e historresina. Dosagens de testosterona sérica serão efetuadas. A atividade de enzimas anti-oxidantes (SOD, GSH, e GPx) será avaliada em eritrócitros e em extrato da próstata com o uso de ensaios específicos e os níveis de produtos de peroxidação lipídica serão determinados pela medida da presença de malonaldeído (MDA) pelo teste do ácido tiobarbitúrico, apenas na próstata. Os cortes em parafina serão submetidos à reações imunocitoquímicas para Nµ-(carboximetil)lisina (CML), um tipo de AGE, e para a proteína de proliferação celular PCNA, bem como à reação do TUNEL para identificação de células apoptóticas. Os níveis absolutos de proliferação e morte epitelial serão quantificados. As análises estatísticas dos dados quantitativos serão realizadas utilizando-se ANOVA, seguida de testes para comparações múltiplas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOBBO, MARINA GUIMARAES; RIBEIRO, DANIELE LISBOA; TABOGA, SEBASTIAO ROBERTO; DE ALMEIDA, EDUARDO ALVES; GOES, REJANE MAIRA. Oxidative stress markers and apoptosis in the prostate of diabetic rats and the influence of vitamin C treatment. Journal of Cellular Biochemistry, v. 113, n. 7, p. 2223-2233, JUL 2012. Citações Web of Science: 11.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GOBBO, Marina Guimarães. Influência da hiperglicemia e do estresse oxidativo na cinética de proliferação e morte celular no epitélio acinar da próstata de ratos diabéticos. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.