Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da orquidectomia, seguida ou não de reposição com testosterona, sobre as respostas vasomotoras de veias de ratos à estimulação de receptores adrenérgicos

Processo: 09/08012-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Oduvaldo Câmara Marques Pereira
Beneficiário:Patrícia de Souza Rossignoli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Testosterona   Receptores adrenérgicos

Resumo

As repercussões cardiovasculares da redução a longo prazo dos níveis plasmáticos de testosterona têm sido sistematicamente estudadas, uma vez que esta queda dos níveis hormonais está envolvida em algumas situações clínicas tais como o hipogonadismo e o envelhecimento natural do homem. Em artérias isoladas, a orquidectomia induz diferentes alterações de resposta vasomotoras, dependendo do leito vascular estudado bem como do agonista empregado. Neste contexto, diversos estudos também avaliam se a reposição com testosterona é capaz de reverter tais alterações. Durante o trabalho de mestrado (processo Fapesp n° 07/53228-8) observamos que a orquidectomia promove aumento das ações vasomotoras da fenilefrina em veia porta, mas não em veia cava isolada de rato. Além disso, não observamos alterações de resposta vascular frente à noradrenalina. Sendo assim, sugere-se que a orquidectomia induz alterações de resposta vascular não só de maneira território-específica, mas também de forma agonista-específica. Estas modificações de resposta de veia porta à fenilefrina induzidas pela orquidectomia parecem não envolver a participação de NO ou prostanóides, mas não ocorrem na vigência do bloqueio dos receptores ETA e ETB. Assim, reconhecendo a importância das informações obtidas durante o mestrado, propomos o presente projeto cujo objetivo é estudar a influência da orquidectomia, seguida ou não de reposição hormonal com testosterona, sobre as respostas vasomotoras de diferentes veias isoladas de rato a agonistas simpatomiméticos. Em relação ao estudo realizado durante o mestrado, este projeto deverá avançar, pois estudará leitos que exercem papéis fisiológicos distintos da veia porta e veia cava, além de também investigar a ação de agonistas simpatomiméticos mais seletivos. Além disso, a influência da orquidectomia/reposição com testosterona sobre os mecanismos locais que modulam as respostas vasomotoras dessas veias também serão investigados. Neste sentido, uma especial atenção será dada aos mecanismos relacionados à endotelina, que serão abordados de forma mais direta por meio de RT-PCR.