Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do padrão de acetilação de histonas na carcinogênese gástrica

Processo: 09/08046-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marilia de Arruda Cardoso Smith
Beneficiário:Fernanda Wisnieski
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/07145-9 - Aspectos genéticos e epigenéticos na carcinogênese gástrica, AP.TEM
Assunto(s):Transformação celular neoplásica   Neoplasias gástricas

Resumo

O câncer gástrico é o quarto tipo de câncer mais comum e a segunda maior causa de morte por câncer no mundo. Atualmente, o Brasil situa-se em quarto lugar quanto à maior prevalência na América Latina. Alterações epigenéticas têm sido consideradas um evento chave na iniciação e progressão de alguns tipos de câncer. O remodelamento da cromatina, incluindo a acetilação de histonas, controla a expressão gênica sem alterar a seqüência de DNA. Para identificação de genes controlados por acetilação de histonas serão selecionados, no presente estudo, genes diferencialmente expressos por microarray em duas linhagens celulares gástricas antes e após tratamento com agente desacetilante. Esses genes terão, a seguir, sua expressão avaliada em 50 amostras de tecido gástrico normal e 50 de tecido tumoral por qRT-PCR. Será ainda avaliada a expressão dos genes envolvidos na maquinaria de acetilação de histonas, HDAC1, HDAC2, HDAC3, PCAF e GCN5 por qRT-PCR. Os genes diferencialmente expressos serão avaliados quanto ao padrão de acetilação de histona H3K9 por ChIP. As variáveis referentes à expressão gênica e às modificações no padrão de acetilação de histonas serão correlacionadas ao sexo, idade, localização, presença de H. pylori nas amostras de tecido gástrico, extensão do tumor, presença de metástase em linfonodo e à distância e ao tipo histopatológico nas amostras de adenocarcinoma gástrico. O projeto irá gerar importantes informações para melhor compreensão da etiologia e fisiopatologia do câncer gástrico com potencial aplicação na prática médica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)