Busca avançada
Ano de início
Entree

Epidemiologia da Toxoplasma gondii (soroprevalência, isolamento e genotipagem) e investigação molecular de outros protozoários perten centes a sub-família Toxoplasmatinae (Neospora spp e hammondia spp)..

Processo: 09/51889-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Hilda Fátima de Jesus Pena
Beneficiário:Aline Diniz Cabral
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estudos soroepidemiológicos   Caracterização molecular   Isolamento   Toxoplasma gondii   Morcegos

Resumo

A toxoplasmose apresenta distribuição mundial e acomete mamíferos e aves. No Brasil, a ocorrência do Toxoplasma gondii é bem documentada nas espécies domésticas e no homem, existindo relatos em diversos hospedeiros silvestres. Morcegos apresentam ampla distribuição no território nacional e há 30 anos o T. gondii foi isolado de quatro morcegos (Phyllostomus hastatus hastatus) em Brasília, DF. Atualmente, existe um grande interesse mundial no conhecimento da variedade genética do T. gondii. Sua caracterização molecular T. gondii usando a Reação em Cadeia pela Polimerase - Polimorfismo de Comprimento de Fragmentos de DNA gerados por Enzimas de Restrição (PCR-RFLP) já foi realizada com isolados de cães, gatos, ovinos, caprinos e galinhas caipiras de diversos estados brasileiros. Em animais silvestres, essa investigação só foi realizada em capivaras. Objetivou-se estudar a epidemiologia da toxoplasmose em morcegos de diferentes espécies no estado de São Paulo. Para o estudo da soroprevalência de anticorpos anti-T. gondii serão utilizados a técnica de imunofluorescência indireta e o teste de aglutinação modificado, comparativamente. O isolamento do parasita será realizado por meio de bioensaio em camundongos. A caracterização molecular dos isolados, ou, diretamente dos tecidos de morcegos, será feita usando-se a PCR-RFLP com os marcadores SAG1, 5'3'SAG2, SAG3, BTUB, GRA6, novo SAG2, c22-8, c29-2, PK1, Apico, L358 e CS3. Posteriormente, será realizado o seqüenciamento dos genótipos encontrados para a confirmação dos resultados da genotipagem. Os resultados deste estudo permitirão uma atualização importante da ocorrência dessa... (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CABRAL, ALINE D.; D'AURIA, SANDRA R. N.; CAMARGO, MARIA C. G. O.; ROSA, ADRIANA R.; SODRE, MIRIAM M.; GALVAO-DIAS, MARIA A.; JORDAO, LUCIANA R.; DUBEY, J. P.; GENNARI, SOLANGE M.; PENA, HILDA F. J. Seroepidemiology of Toxoplasma gondii infection in bats from Sao Paulo city, Brazil. Veterinary Parasitology, v. 206, n. 3-4, p. 293-296, DEC 15 2014. Citações Web of Science: 3.
CABRAL, A. D.; GAMA, A. R.; SODRE, M. M.; SAVANI, E. S. M. M.; GALVAO-DIAS, M. A.; JORDAO, L. R.; MAEDA, M. M.; YAI, L. E. O.; GENNARI, S. M.; PENA, H. F. J. First isolation and genotyping of Toxoplasma gondii from bats (Mammalia: Chiroptera). Veterinary Parasitology, v. 193, n. 1-3, p. 100-104, MAR 31 2013. Citações Web of Science: 20.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CABRAL, Aline Diniz. Sorodiagnóstico, isolamento e genotipagem de Toxoplasma gondii e investigação molecular de outros protozoários pertencentes à família Sarcocystidae em morcegos do estado de São Paulo. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.