Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in vitro do efeito da interferência por RNA (RNAi) na replicação do Vírus da Hepatite C

Processo: 09/08534-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Paula Rahal
Beneficiário:Bruno Moreira Carneiro
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto, SP, Brasil
Assunto(s):Interferência de RNA   Vírus da hepatite C

Resumo

A Hepatite C é a inflamação do fígado causada pela infecção pelo vírus da hepatite C (VHC), transmitido através do contato com sangue contaminado. Essa inflamação ocorre na maioria das pessoas que adquire o vírus e, dependendo da intensidade e tempo de duração, pode levar a cirrose e câncer do fígado. Atualmente através da utilização da técnica de RNAi, é possível diminuir in vitro a expressão de protéica e o título viral do VHC em até 99%. Entretanto, assim como ocorre para outras terapias, ao longo do tempo o vírus sofre modificações e se torna resistente a molécula de siRNA utilizada. O objetivo desde trabalho é avaliar a eficiência de seis moléculas de siRNA no tratamento a longo prazo de infecções pelo VHC in vitro e identificar as possíveis mutações sofridas pelo vírus no decorrer do estudo. Será utilizado como modelo de replicação in vitro um replicon denominado JFH-1 que será transfectado em células Huh-7. As moléculas de siRNA serão transfectadas em células Huh-7 expressando o RNA do vírus VHC e avaliadas quanto a sua eficácia por até oito semanas. A eficiência das partículas será avaliada através da titulação viral e expressão proteínas no interior das células. As mutações serão avaliadas através do sequenciamento das regiões alvo das moléculas de siRNA. Com este trabalho, espera-se demonstrar que a utilização conjunta de siRNAs pode melhorar a eficiência do tratamento através da via de RNAi evitando a evasão viral através de mutações pontuais.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.