Busca avançada
Ano de início
Entree

O modelamento de populações estelares e padrões de abundância detalhados

Processo: 09/09465-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de julho de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Paula Rodrigues Teixeira Coelho
Beneficiário:Paula Rodrigues Teixeira Coelho
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/58406-4 - A modelagem de populações estelares e padrões de abundância detalhados, AP.JP
Assunto(s):Populações estelares   Formação de estrelas

Resumo

O padrão de abundâncias químicas em galáxias é uma peça fundamental para entendermos sua formação e evolução. Surveys espectroscópicos modernos, a médias e altas resoluções espectrais, abriram um novo caminho nesse campo ao permitirem o estudo de milhares de linhas de absorção atômicas e moleculares em espectros de galáxias. A interpretação desses dados torna possível o estudo tanto da história de formação estelar quanto do enriquecimento químico das galáxias. O presente projeto de pesquisa tem o objetivo de estudar a história evolutiva de galáxias, através do desenvolvimento e uso de um novo tipo de modelo espectral que combina o recente progresso em modelos de populações estelares de Coelho et al. (2007) com prescrições de modelos de evolução química. As previsões dos modelos serão comparadas a espectros integrados de aglomerados globulares extragalácticos, a m de estudar a história de enriquecimento químico de M31. Em seguida, serão analisados espectros IFU de uma amostra de galáxias sem bojo, que acredita-se tenham tido uma história de formação estelar relativamente simples, para estudar os processos de infall em discos de galáxias. Finalmente, os novos modelos serão utilizados para interpretar espectros de alta resolução de galáxias de vários surveys modernos, para uma grande variedade de tipos espectrais e morfológicos. Esse novo tipo de modelo espectral permitirá o estudo consistente da história de formação estelar e enriquecimento químico a partir de qualquer espectro de absorção integrado, virtualmente qualquer galáxia. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VAZDEKIS, A.; COELHO, P.; CASSISI, S.; RICCIARDELLI, E.; FALCON-BARROSO, J.; SANCHEZ-BLAZQUEZ, P.; LA BARBERA, F.; BEASLEY, M. A.; PIETRINFERNI, A. Evolutionary stellar population synthesis with MILES - II. Scaled-solar and alpha-enhanced models. Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, v. 449, n. 2, p. 1177-1214, MAY 11 2015. Citações Web of Science: 93.
COELHO, P. R. T. A new library of theoretical stellar spectra with scaled-solar and alpha-enhanced mixtures. Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, v. 440, n. 2, p. 1027-1043, MAY 2014. Citações Web of Science: 42.
COELHO, P.; GADOTTI, D. A. BARS REJUVENATING BULGES? EVIDENCE FROM STELLAR POPULATION ANALYSIS. Astrophysical Journal Letters, v. 743, n. 1 DEC 10 2011. Citações Web of Science: 59.
COELHO, P.; PERCIVAL, S. M.; SALARIS, M. CHEMICAL ABUNDANCE ANTICORRELATIONS IN GLOBULAR CLUSTER STARS: THE EFFECT ON CLUSTER INTEGRATED SPECTRA. ASTROPHYSICAL JOURNAL, v. 734, n. 1 JUN 10 2011. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.