Busca avançada
Ano de início
Entree

Metodologia de medida da temperatura em sementes intactas em solos por RMN

Processo: 09/09734-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Luiz Alberto Colnago
Beneficiário:Maria Gabriela Aparecida Carosio
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Efeitos da temperatura   Germinação de sementes   Sondagem dos solos   Espectroscopia de ressonância magnética nuclear

Resumo

Nos últimos anos demonstramos que a técnica de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) de precessão livre em onda contínua (CWFP - do inglês "Continuous Wave Free Precession") para medidas rápidas de difusividade térmica em borracha natural. A determinação dessa propriedade é de grande interesse para produtos agro-alimentares. Demonstramos também que o tempo de relaxação transversal, T2, do óleo em sementes, medidos pela técnica de Carr-Purcell-Meigboom-Gill (CPMG), é bastante sensível à temperatura. Essas técnicas podem ser empregadas em equipamentos de RMN com ímãs de baixo campo magnético e baixa homogeneidade. A partir dos anos 90 um novo aparelho de baixo campo pesando cerca de 2,5 kg teve sua configuração estabelecida. A sonda do RMN unilateral (tipo NMR-MOUSE) consiste em dois magnetos com magnetização antiparalela produzindo o campo magnético B0, com as linhas de campo magnético sendo projetadas para frente de ambos os ímãs. A bobina é posicionada no gap entre os dois magnetos de forma que B0 e o campo de radiofrequência B1 fiquem aproximadamente ortogonais. Esse novo tipo de RMN remoto permitiu uma configuração de baixo volume e massa, e consequentemente, uma grande portabilidade. Este conceito tem sido usado na detecção de umidade no solo, análise de alimentos e diagnósticos biomédicos. Essa nova tecnologia vem se popularizando e novas aplicações vêm sendo propostas. Com isso, utilizaremos neste projeto a RMN de baixa resolução com as técnicas CWFP e CPMG para estudos de transferência de calor e avaliando o efeito da temperatura na germinação e vigor de plantas diretamente em colunas de solo em laboratório e em campo, usando sonda unilateral do tipo Mouse. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAROSIO, MARIA G. A.; BERNARDES, DIEGO F.; CARVALHO, ANDRE DE S.; COLNAGO, LUIZ A. Non-invasive Measurements of Oilseed Temperature in Soil and Soil Thermal Diffusivity Using Time-Domain NMR Relaxometry. APPLIED MAGNETIC RESONANCE, v. 49, n. 10, p. 1119-1127, OCT 2018. Citações Web of Science: 0.
CAROSIO, MARIA G. A.; BERNARDES, DIEGO F.; ANDRADE, FABIANA D.; MORAES, TIAGO B.; TOSIN, GIANCARLO; COLNAGO, LUIZ A. Measuring thermal properties of oilseeds using time domain nuclear magnetic resonance spectroscopy. Journal of Food Engineering, v. 173, p. 143-149, MAR 2016. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAROSIO, Maria Gabriela Aparecida. Medida de temperatura e difusividade térmica de sementes e sementes inseridas em solo por ressonância magnética nuclear no domínio do tempo. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Química de São Carlos (IQSC/BT) São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.