Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão da miostatina no diabetes mellitus induzido por estreptozotocina em ratos.

Processo: 09/10434-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ângela Merice de Oliveira Leal
Beneficiário:Daniela Bassi
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus   Estreptozotocina   Fisioterapia

Resumo

A família de fatores beta de transformação e crescimento é composta por mais de 35 membros peptídicos, que incluem as activinas, proteínas ósseas morfogenéticas, fatores de crescimento e diferenciação e fatores de transformação do crescimento. Esses fatores exercem ação regulatória sobre processos celulares fundamentais como crescimento e diferenciação, motilidade, adesão, reparo e morte, e desempenham, portanto, papel importante sobre o desenvolvimento e a homeostase tecidual. Recentemente, a miostatina, um novo membro desta família foi identificado. Em animais transgênicos foi observado aumento da massa muscular esquelética, resultante da combinação de hipertrofia e hiperplasia celulares e, ao contrário de suas ações no músculo, no tecido adiposo, a miostatina promoveu adipogênese e o acúmulo de gordura. Estudos recentes sugerem a existência de função regulatória da miostatina sobre o metabolismo energético e um possível papel benéfico da supressão da miostatina em doenças metabólicas. Em resposta ao exercício, tem sido demonstrada diminuição da expressão da miostatina e de seu receptor. Por outro lado, o exercício tem se mostrado uma intervenção terapêutica e preventiva fundamental na obesidade, síndrome de resistência insulínica e no diabetes mellitus e está associado a melhora da tolerância à glicose e aumento da sensibilidade à insulina nos tecidos periféricos por mecanismos ainda não esclarecidos. Este projeto visa à investigação do papel da miostatina, no músculo e tecido adiposo, de ratos com diabetes mellitus induzido por estreptozotocina, submetidos a exercício físico.