Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos mecanismos reguladores da pluripotência em células-tronco pluripotentes induzidas (IPS) humanas

Processo: 09/11646-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Simone Kashima Haddad
Beneficiário:Tathiane Maistro Malta Pereira
Instituição-sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Células-tronco pluripotentes induzidas   Expressão gênica   MicroRNAs

Resumo

As células-tronco embrionárias (CTE) são células com propriedades de pluripotência e auto-renovação. O interesse nas CTEs reside em sua capacidade de originar todos os tipos de células somáticas e germinativas, podendo ser aplicadas no tratamento de diversas doenças crônico-degenerativas. Entretanto, a aplicação de CTEs humanas na terapêutica enfrenta dificuldades éticas e técnicas. Nesse contexto, a reprogramação de células somáticas para um estágio progenitor pluripotente mostra-se uma alternativa para a utilização das CTEs. Recentemente, foi relatada a geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPS) por meio da transdução de células adultas com diferentes combinações de fatores de transcrição (FT). Essas células apresentaram características de CTE e mostram-se uma alternativa para o uso destas. Entretanto, os mecanismos pelos quais a transdução de FT específicos atuam na reprogramação celular não estão esclarecidos. Este projeto avaliará os perfis de expressão gênica e a expressão de microRNAs em células iPS produzidas pela transdução dos FT Sox2, c-Myc e TCL1, com o objetivo de identificar mecanismos moleculares responsáveis pela reprogramação. Serão avaliados também os perfis de expressão gênica de linhagens celulares transduzidas com os FT isoladamente e em diferentes combinações de dois FT. O entendimento destes mecanismos permitirá a melhora da eficiência do cultivo e geração das iPS, além da segurança de sua utilização e do direcionamento de sua diferenciação para os tipos celulares de interesse. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.