Busca avançada
Ano de início
Entree

A Concepção de Mediterrâneo no Círculo de Afinidades de Vidal de La Blache (1934-1948)

Processo: 09/11729-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Manoel Fernandes de Sousa Neto
Beneficiário:Larissa Alves de Lira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mediterrâneo   História do pensamento geográfico

Resumo

Foram vários os mediterrâneos franceses. Espaço de engajamentos militares e arcabouço da cultura, a Geografia francesa também produziu seu mar Interior. Esta tradição se inicia em 1873, na primeira aula de Vidal de La Blache, e segue como tema permanente de seus discípulos. Num período de mudanças profundas na vida econômica e política francesa, percebemos a consolidação de uma conjuntura de publicações dos discípulos continuando a abordar o Mar Interior entre 1934 e 1948. Nosso escopo central é definir a concepção de Mediterrâneo utilizada nos trabalhos produzidos pelos geógrafos franceses do círculo de afinidades de Vidal de la Blache naquele período e compara-la à concepção do mestre. Os conceitos e referências das obras serão por nós cotejados. A produção de um glossário, de mapas e, por fim, de uma dissertação de mestrado, serão resultados desta pesquisa.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LIRA, Larissa Alves de. O primeiro esboço do método geográfico de Vidal de La Blache a partir dos estudos do Mediterrâneo. Permanências e rupturas no contexto da institucionalização da geografia (1872-1918). 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.