Busca avançada
Ano de início
Entree

Textura cromatínica, anomalias cromossômicas e morte celular em condições de inibição de deacetilases de histonas em células HeLa e 3T3

Processo: 09/11763-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Maria Luiza Silveira Mello
Beneficiário:Marina Barreto Felisbino
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cromatina   Histona desacetilases   Epigênese genética   Ácido valproico

Resumo

Nas células eucarióticas a cromatina resulta da organização de complexos nucleoproteicos em nucleossomos e destes em níveis superiores de organização. A dinâmica funcional da cromatina está especialmente relacionada a modificações nas histonas e no DNA e ação de RNAi. Acetilações e deacetilações são algumas formas de modificações das histonas. Deacetilases que atuam especialmente sobre as histonas H3 e H4 acham-se com frequência associadas ao silenciamento gênico e sua inibição relacionada à expressão gênica. Há um interesse atual em se conhecer como a modificação de histonas ou sua inibição afetam os níveis de organização e supraorganização da cromatina e a fisiologia celular. Como o ácido valproico (VPA) é um potente inibidor de deacetilases de histonas, busca-se no presente trabalho estudar seu efeito sobre a supraorganização cromatínica, as anomalias cromossômicas e a morte celular em dois modelos, células HeLa e 3T3, usando-se procedimentos de microscopia e análise de imagem. Resultados obtidos após diferentes concentrações e tempos de tratamento com VPA terão como controle positivo o tratamento com tricostatina A (TSA). No caso das células 3T3, este estudo será precedido por investigação de viabilidade celular com os testes de MTT e de exclusão do Trypan Blue após tratamentos com o VPA e a TSA. No caso das células HeLa essa informação já é conhecida. A atividade de deacetilases de histonas e os níveis de acetilação das histonas H3 e H4 após tratamento com VPA serão considerados na interpretação dos padrões de supraorganização cromatínica, anomalias cromossômicas e morte celular encontrados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Descoberta em epigenética é feita por cientistas na Unicamp  

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FELISBINO, MARINA BARRETO; VICCARI GATTI, MARIA SILVIA; MELLO, MARIA LUIZA S. Changes in Chromatin Structure in NIH 3T3 Cells Induced by Valproic Acid and Trichostatin A. Journal of Cellular Biochemistry, v. 115, n. 11, p. 1937-1947, NOV 2014. Citações Web of Science: 15.
FELISBINO, MARINA BARRETO; TAMASHIRO, WIRLA M. S. C.; MELLO, MARIA LUIZA S. Chromatin Remodeling, Cell Proliferation and Cell Death in Valproic Acid-Treated HeLa Cells. PLoS One, v. 6, n. 12 DEC 9 2011. Citações Web of Science: 20.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FELISBINO, Marina Barreto. Remodelação cromatínica, anomalias cromossômicas e morte celular em condições de inibição de deacetilases de histonas em células HeLa e 3T3. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.