Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de celulases fúngicas por fermentação em estado sólido e submersa utilizando biomassa lignocelulósica

Processo: 09/12144-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Eleni Gomes
Beneficiário:Ariane Zanchetta
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Enzimologia   Fermentação   Celulase   Etanol

Resumo

O aumento no consumo de combustíveis fósseis e a crescente preocupação ambiental, multiplicaram o interesse por tecnologias "limpas", sofisticadas e de baixo custo, para a obtenção de produtos de qualidade nas indústrias química, energética e de alimentos. Entre esses produtos, as enzimas têm se destacado tendo-as vista tanto quanto produto como ferramenta de bioprocessos. O uso de material lignocelulósico como resíduos agrícolas para a produção de enzimas, tem se mostrado muito atrativo, uma vez que este material é de baixo custo, abundante e bastante disponível. A celulose é o principal e mais abundante polímero desses materiais e pode ser hidrolisada pela ação de enzimas celulolíticas à glicose, portanto, essas celulases apresentam grande aplicabilidade biotecnológica sendo os organismos capazes de produzi-las, de grande interesse sob os pontos de vista dos processos biotecnológicos como biorremediação, biobranqueamento da polpa de papel, degradação e desintoxificação de substâncias recalcitrantes e produção de biocombustíveis, portanto, a produção eficiente destas enzimas em um meio de baixo custo tornou-se essencial para sanar os anseios da humanidade em relação a seu desenvolvimento sustentável.Este trabalho busca a produção de celulases pelos fungos termofílicos, Humicola grisea 13.33, Chaetomium sp N13 e Thermomucor indicae-seudaticae N31, utilizando resíduos agrícolas como fonte de carbono visando a sacarificação de materiais lignocelulósicos em açúcares fermentescíveis para produção de bioetanol.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZANCHETTA, Ariane. Produção de celulases fúngicas por fermentação em estado sólido e submersa utilizando biomassa lignocelulósica. 2012. 88 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.