Busca avançada
Ano de início
Entree

Biocompatibilidade da vitrocêramica bioativa (Biosilicato®): análises in vitro e in vivo

Processo: 09/12777-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Ana Claudia Muniz Renno
Beneficiário:Hueliton Wilian Kido
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Tecidos suporte

Resumo

Fraturas de difícil consolidação e defeitos ósseos são entidades comumente encontradas na prática médica e estão associadas a altos índices de morbidade e mortalidade. Dentro deste contexto, avanços biofísicos e bioquímicos têm sido estudados na tentativa de minimizar o tempo de consolidação óssea, destacando-se o uso dos materiais bioativos. Vários estudos sugerem que estes materiais são capazes de estimular a proliferação de osteoblastos e a osteogênese no local da fratura, promovendo uma maior deposição de massa óssea e acelerando o processo de consolidação. No entanto, a viabilização destes materiais a uma aplicação clinica, requer o emprego de testes que avaliem a resposta celular induzida com a aplicação do material em sistema biológico, verificando a sua biocompatibilidade. Perante isto, este projeto tem como objetivo avaliar a biocompatibilidade de uma nova vitrocerâmica bioativa totalmente cristalizada do sistema quaternário P2O5-Na2O-CaO-SiO2 (Biosilicato®, o pedido de patente WO 2004/074199), por meio de testes in vivo, com a implantação subcutânea de scaffolds de Biosilicato® em animais, e testes in vitro, com a introdução de scaffods de Biosilicato® em cultura de células. Sendo comprovada a viabilidade da utilização do Biosilicato® a partir desses ensaios, poder-se-á o desenvolvimento de novos estudos com o material, na tentativa de torná-lo eficiente diante de um tratamento clínico de reparo ósseo.