Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise etofarmacológica de um novo modelo de interação presa-predador: o teste de exposição ao rato

Processo: 09/12252-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Nunes de Souza
Beneficiário:Kelciane Caetano Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Camundongos   Mecanismos de defesa

Resumo

Vários modelos animais têm sido utilizados para estudar a ansiedade e o medo, dentre os quais destaca-se o Teste de Exposição ao Rato (RET). O RET é um novo modelo etológico de interação presa-predador entre camundongos (presa) e ratos (predador) que possibilita a expressão de diferentes comportamentos defensivos (ex., esquiva, congelamento, avaliação de risco) na presa. Vários estudos têm sido realizados utilizando o RET para avaliação dos efeitos de injeções intra-cerebrais de substâncias ansiolíticas e ansiogênicas na expressão das respostas defensivas de camundongos expostos ao rato. Ademais, estudos recentes mostraram que a exposição ao RET aumenta a atividade neuronial de núcleos pertencentes ao sistema hipotalâmico de defesa bem como eleva os níveis plasmáticos de corticosterona, sugerindo ser esse modelo atraente para o estudo da neurobiologia de estados emocionais como ansiedade e medo. A despeito do crescente uso desse modelo, a literatura não dispõe de dados de sua validação farmacológica, dificultando a interpretação dos resultados nos estudos disponíveis. Assim, com o presente estudo faremos uma análise etofarmacológica do RET, com o intuito de ampliar os conhecimentos envolvidos na neurobiologia da ansiedade e medo e fortalecer o uso desse modelo como ferramenta para seleção de novos fármacos ansiolíticos. Para tanto, investigaremos os efeitos fármacos com propriedades ansiolíticas (benzodiazepínicos, agonistas serotoninérgicos, inibidores da recaptação de serotonina e/ou noradrenalina e inibidores da enzima monoaminoxidase) e ansiogênicos (antagonistas e agonista inverso de receptores de benzodiazepínicos, antagonistas de receptores serotoninérgicos, ioimbina e cafeína) no comportamento defensivo de camundongos expostos ao RET.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAETANO CAMPOS, KELCIANE FERREIRA; SANTANA AMARAL, VANESSA CRISTIANE; RICO, JAVIER LEONARDO; MIGUEL, TARCISO TADEU; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. Ethopharmacological evaluation of the rat exposure test: A prey-predator interaction test. Behavioural Brain Research, v. 240, p. 160-170, MAR 1 2013. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.