Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento reprodutivo da broca gigante da cana-de-açúcar Telchin licus licus (Drury, 1773) (Lepidoptera: Castniidae) como base para seu controle

Processo: 09/12627-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Ana Lia Parra Pedrazzoli
Beneficiário:Lucila Wadt
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/53391-9 - Uso da eletroantenografia como estratégia para a obtenção de feromônios sexuais de insetos-praga, AP.JP
Assunto(s):Comportamento animal   Comportamento reprodutivo animal   Brocas (insetos nocivos)   Pragas de plantas   Cana-de-açúcar

Resumo

A broca gigante, Telchin licus licus (Drury) (Lepidoptera: Castniidae), conhecida desde os anos 1920, na região Nordeste do Brasil, é considerada uma das principais pragas da cana-de-açúcar, podendo levar a perdas de até 100% nas áreas atacadas. Foi registrada pela primeira vez no Estado de São Paulo, na região de Limeira em 2007 e começa a ganhar os canaviais paulistas, onde se concentram 70% das lavouras do País, podendo-se tornar a principal praga na cultura, com projeções de prejuízos da ordem de R$ 400 milhões por safra, considerando-se que até o momento não existem métodos adequados para o seu manejo e controle. Os estudos do comportamento reprodutivo da broca-gigante, ainda desconhecidos, são fundamentais para o desenvolvimento de uma estratégia de manejo mais eficiente desta praga. Assim, o objetivo desta pesquisa será caracterizar o comportamento reprodutivo de T. licus licus como base para o controle desta importante praga dentro de um contexto de Manejo Integrado das Pragas de cana-de-açúcar. Estes estudos irão servir de suporte para as etapas posteriores de isolamento, identificação e síntese do possível feromônio sexual de T. licus licus, para que em um futuro, os produtores de cana-de-açúcar possam ter no mercado um produto para monitoramento e/ou controle da broca gigante. O uso de feromônio sexual tem se mostrado promissor para muitos insetos-praga em um grande número de culturas, especialmente daquelas difíceis de serem controladas por métodos convencionais, como é o caso de T. licus licus. Assim, serão determinados: (i) o horário de oviposição de T. licus licus em laboratório; (ii) o ritmo diário de emergência dos adultos de T. licus licus; (iii) o horário de acasalamento, duração e idade da primeira cópula T. licus licus; (iv) o comportamentos de chamamento das fêmeas, corte dos machos e cópula; (v) o sexo responsável pela atração sexual e (vi) a existência ou não de um feromônio mediando o acasalamento desta espécie. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
WADT, Lucila. Comportamento reprodutivo da broca gigante da cana-de-açúcar , Telchin licus (Drury, 1773) (Lepidoptera: Castniidae), como base para seu controle. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.