Busca avançada
Ano de início
Entree

Associações entre estresse oxidativo, oxidação de substrato e lipodistrofia em homens infectados pelo HIV

Processo: 09/12449-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Alceu Afonso Jordão Junior
Beneficiário:Helena Siqueira Vassimon
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):AIDS   Termogênese   Estresse oxidativo   Radicais livres   HIV

Resumo

Introdução: Alterações do metabolismo (dislipidemia e resistência insulínica) e de composição corporal (lipoatrofia e lipohipertrofia) foram observadas após introdução da terapia anti-retroviral de alta potência (HAART) para tratamento de indivíduos infectados pelo HIV, sendo denominadas de síndrome da lipodistrofia. A presença de estresse oxidativo exacerbado em indivíduos infectados pelo HIV foi observada desde o surgimento da doença aids porém o quadro piorou após introdução de HAART. Além do estresse oxidativo parece que o gasto energético encontra-se alterado e que a oxidação de substrato ocorreria de maneira diferente que a população saudável tanto em jejum quanto no período pós-prandial. O estresse oxidativo, oxidação de substrato e lipodistrofia podem ter associações entre si. A resistência insulínica, uma das alterações da síndrome da lipodistrofia, vem sendo correlacionada com estresse oxidativo e oxidação de substrato alterado em indivíduos soro negativos para HIV.Objetivo: Comparar o estresse oxidativo em jejum e a oxidação de substratos em jejum e após oferecimento de dieta em homens soro positivo para HIV com (HIV+LIPO+) ou sem (HIV+LIPO-) síndrome da lipodistrofia e homens soro negativos para HIV (Controle). Correlações entre estresse oxidativo, oxidação de substratos e lipodistrofia serão analisadas como objetivos específicos.Metodologia: Estudo transversal avaliando estresse oxidativo por analise laboratorial e oxidação de substrato por calorimetria indireta em jejum e após 30 minutos do oferecimento de dieta padronizada (30% lipídios, 55% de carboidrato e 15% de proteína) em três grupos: 20 homens do grupo HIV+LIPO+, 20 homens do grupo HIVLIPO- e 20 homens do grupo controle. A oxidação de substratos será obtida pelo valor de quociente respiratório e por fórmulas específicas para carboidrato, proteína e lipídio. Para este fim, será fundamental a coleta de urina 24h, determinando o valor de nitrogênio.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VASSIMON, HELENA SIQUEIRA; MONTEIRO, JACQUELINE PONTES; MACHADO, ALCYONE ARTIOLI; ALBUQUERQUE DE PAULA, FRANCISCO JOSE; KUTSCHENKO, ANDRESSA; JORDAO, ALCEU AFONSO. Which equation should be used to measure energy expenditure in HIV-infected patients?. REVISTA DE NUTRICAO-BRAZILIAN JOURNAL OF NUTRITION, v. 26, n. 2, p. 225-232, MAR-APR 2013. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.