Busca avançada
Ano de início
Entree

Almirante, "a mais alta patente do rádio", e a construção da História da Música popular brasileira (1938-1958)

Processo: 09/12788-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:José Geraldo Vinci de Moraes
Beneficiário:Giuliana Souza de Lima
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Historiografia   Memória cultural   Música popular

Resumo

Esta investigação tem como objetivo central discutir peculiaridades da historiografia da música popular brasileira na primeira metade do século XX, por meio da trajetória de um de seus precursores: Almirante (Henrique Foreis Domingues, Rio de Janeiro, 1908-1980). Além de ter se tornado conhecido como a mais alta patente do rádio já no final da década de 1930, em razão de sua importância para a profissionalização e diversificação da programação radiofônica, Almirante teve papel fundamental nos estudos sobre a história da música popular brasileira, integrando o que podemos chamar de sua "primeira geração de historiadores".Seus programas eram caracterizados pela organização e preocupação em conferir valor científico aos temas abordados - que abrangiam do folclore à música urbana difundida pelos meios de comunicação em massa -, e baseados em pesquisas que contribuíram para a formação de um vasto arquivo sobre música popular, o qual deu origem e sentido ao Museu da Imagem e do Som (MIS-RJ), em 1965. Almirante, junto com outros nomes de sua geração, foi responsável pela seleção, organização, compilação, e arquivamento de registros, estabelecendo hierarquias, determinando recortes, problemas e, assim, um discurso fundador em torno da história da música popular brasileira. Esta "historiografia" é singular sobretudo porque foi desenvolvida e difundida nos meios de comunicação em massa. É também de certa maneira inovadora na tentativa de compreender a importância da música popular para a formação das identidades culturais urbanas, criando paradigmas e precedendo as investidas acadêmicas, por já recorrer a novas temáticas, objetos e fontes antes que os historiadores se ocupassem disso. Este trabalho propõe, assim, abordar a obra de Almirante do ponto de vista de sua contribuição à historiografia da música popular, através de sua atuação no rádio, de 1938 a 1958. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LIMA, Giuliana Souza de. Almirante, \"a mais alta patente do rádio\", e a construção da história da música popular brasileira (1938-1958). 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.