Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da ingestão do extrato aquoso de erva-mate (Ilex paraguariensis) sobre a expressão de proteínas envolvidas na regulação da via de sinalização da insulina no fígado de ratos submetidos à dieta hiperlipídica

Processo: 09/12790-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Marcelo Macedo Rogero
Beneficiário:Patrícia Silva Jacob
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ratos   Nutrigenômica   NF-kappa B   Erva-mate   Fígado   Inflamação   Obesidade

Resumo

A obesidade representa grave problema de saúde pública, que afeta tanto países desenvolvidos, quanto em desenvolvimento, e está associada a um quadro de inflamação crônica de baixo grau, que predispõe à resistência à insulina e ao desenvolvimento do diabetes mellitus tipo 2, o que implica aumento do risco para doenças cardiovasculares. Nesse contexto, verifica-se que a obesidade altera o metabolismo hepático, por meio do aumento da produção e do efluxo de glicose e da síntese de proteínas de fase aguda, como a proteína C reativa. Aliado a esses fatos, verifica-se que a inflamação crônica induzida pela obesidade aumenta a expressão hepática de quinases, como a quinase do inibidor do fator de transcrição NF-kappa B (IKK-²) e a c-jun N-terminal quinase (JNK), as quais contribuem para a ocorrência da resistência periférica à insulina, uma vez que essas quinases fosforilam o resíduo de serina da posição 307 do substrato do receptor de insulina 1 (IRS-1), o que acarreta em redução da atividade da proteína fosfatidil inositol 3- quinase e, consequentemente, em diminuição do transporte de glicose. A erva-mate (Ilex paraguariensis) contém compostos bioativos como o ácido cafeico, o kaempferol, a quercetina e o ácido 3,5-dicafeoilquínico, os quais apresentam a capacidade de reduzir a expressão de genes envolvidos na resposta inflamatória. O presente projeto tem como objetivo investigar o efeito da ingestão do extrato aquoso de erva-mate sobre a expressão de proteínas envolvidas na regulação da via de sinalização da insulina no fígado de ratos submetidos à dieta hiperlipídica. Para tanto, ratos Wistar, machos, serão submetidos à dieta controle (n= 24) ou hiperlipídica (n= 24) durante o período de 12 semanas. Após esse período, 8 animais de cada grupo serão sacrificados, enquanto o restante dos animais de cada grupo será distribuído em grupos que receberão, ou não, por gavagem, o extrato aquoso de erva-mate (1 g/kg massa corporal) durante o período de quatro semanas. Após esse período, todos os animais serão sacrificados e, a partir da coleta do fígado será avaliada a expressão das proteínas JNK, IRS-1 e IKK-², nas suas formas totais e fosforiladas. A composição corporal será avaliada a partir da carcaça dos animais e, a partir do sangue, serão determinadas as concentrações de glicose, insulina, colesterol total, HDL-colesterol, LDL-colesterol, VLDL-colesterol, triacilgliceróis, leptina, adiponectina, fator de necrose tumoral (TNF)-±, interleucina (IL)-6, inibidor do ativador do plasminogênio-1 (PAI-1) e a proteína quimiotática para monócitos-1 (MCP-1) e a atividade das enzimas alanina aminotransferase (ALT) e aspartato aminotransferase (AST). Os animais serão submetidos ao teste oral de tolerância à glicose na primeira, décima segunda e décima sexta semana do protocolo experimental.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MENESES FUJII, TATIANE MIEKO; JACOB, PATRICIA SILVA; YAMADA, MONICA; BORGES, MARIA CAROLINA; NORDE, MARINA MAINTINGUER; PANTALEAO, LUCAS CARMINATTI; DE OLIVEIRA, DANIELA MOURA; TIRAPEGUI, JULIO; DE CASTRO, INAR ALVES; BORELLI, PRIMAVERA; FOCK, RICARDO AMBROSIO; ROGERO, MARCELO MACEDO. Yerba Mate (Ilex paraguariensis) modulates NF-kappaB pathway and AKT expression in the liver of rats fed on a high-fat diet. INTERNATIONAL JOURNAL OF FOOD SCIENCES AND NUTRITION, v. 65, n. 8, p. 967-976, DEC 2014. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JACOB, Patrícia Silva. Efeito da erva-mate (Ilex paraguariensis) sobre a resposta inflamatória e via da sinalização da insulina no fígado de ratos. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.