Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in vitro da genotoxicidade de diferentes cimentos endodônticos em culturas celulares

Processo: 09/13290-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Ribeiro Camargo
Beneficiário:Gleyce Oliveira Silva
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Genotoxicidade   Testes para micronúcleos   Cimentos endodônticos

Resumo

A busca por materiais odontológicos com propriedades físicas e biológicas ideais e, principalmente biocompatíveis aos tecidos vivos tem sido muito evidente. Os cimentos endodônticos são materiais que requerem especial atenção, já que após a fase de obturação do canal radicular estes permanecem em contato com os tecidos periapicais podendo prejudicar o processo de reparação tecidual devido à liberação de substâncias tóxicas. Desta maneira, o objetivo deste projeto será avaliar a genotoxicidade de quatro cimentos endodônticos (EndoREZ, RoekoSeal, AHPlus e Cop Endo) utilizando ensaios biológicos básicos e modernos. Os espécimes dos cimentos serão misturados, deixados por 12 h em estufa (5% CO2, 37°C a 100% umidade) e colocados em contato com meio de cultura (91,6 mm2 superfície /ml) por 24h. Fibroblastos pulmonares de hamster chinês (V79) serão expostos à diferentes diluições dos cimentos por 24 h e a viabilidade celular será mensurada pelo teste de MTT em espectrofotômetro. O teste de MTT será necessário para avaliar as concentrações mais citotóxicas dos cimentos as quais serão utilizadas no teste de genotoxicidade. Assim, a genotoxicidade será determinada pela formação de micronúcleos em células V79 após 24h de exposição às diluições dos cimentos, ao etilmetano sulfanato (controle positivo) e ao meio de cultura (controle negativo). As diferenças entre a taxa de sobrevivência celular e o número de micronúcleos comparadas aos grupos controles serão estatisticamente analisadas pelo teste de Mann-Whitney-U (p<0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, GLEYCE O.; CAVALCANTI, BRUNO N.; OLIVEIRA, TATIANA R.; BIN, CLAUDIA V.; CAMARGO, SAMIRA E. A.; CAMARGO, CARLOS H. R. Cytotoxicity and genotoxicity of natural resin-based experimental endodontic sealers. CLINICAL ORAL INVESTIGATIONS, v. 20, n. 4, p. 815-819, MAY 2016. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
. Avaliação in vitro da citotoxicidade e genotoxicidade de diferentes cimentos endodônticos em fibroblastos V79. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Ciência e Tecnologia. São José dos Campos São José dos Campos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.