Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do sedimento de fundoe em suspensão transportado pela microbacia do ribeirão Guamium, rio Piracicaba, SP, em função da sazonalidade.

Processo: 09/13331-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:José Roberto Ferreira
Beneficiário:Flávia Fontes Pereira Lopes
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Toxicidade   Sedimentos   Hidrogeoquímica   Fitoplâncton

Resumo

Na microbacia do ribeirão Guamium, afluente do rio Piracicaba, SP, a qual se encontra em elevado estágio de deterioração, devido à ausência de Áreas de Preservação Permanente (APPs), Reserva Legal (RL), e uso do solo, serão selecionados como compartimentos indicadores desta exploração desordenada, os sedimentos de fundo e em suspensão, em uma abordagem sazonal, por um período de 01 ano. O material particulado em suspensão será estudado em somente um ponto de coleta, posicionado no terço inferior da bacia. O sedimento de fundo, será amostrado nos períodos de seca e chuva ao longo do canal principal, em aproximadamente 10 pontos amostrais. Em função da paisagem existente e do uso predominante dos solos, foram elegidos para investigação espécies químicas inorgânicas, como Ca, Mg e K, que representam as bases trocáveis do solo, N, P, principais nutrientes indutores do fenômeno de eutrofização e C. Este último elemento e o N serão pesquisados quanto aos teores totais, estabelecendo-se a relação C/N, indicativa de importantes informações a respeito da influência antrópica nos ciclos biogeoquímicos destes elementos. Além disso, pela importância ambiental do C e N, os mesmos terão suas abundâncias isotópicas aferidas, ´C13 e ´N15, permitindo verificar as possíveis fontes de C na bacia e a taxa de mineralização da matéria orgânica. As amostras serão também analisadas quanto à ocorrência de As total, pelo largo uso de herbicidas à base deste elemento na cultura da cana de açúcar. As espécies químicas serão avaliadas quanto aos teores totais por digestão ácida a quente e frações disponíveis, extraídas em meio de 1 mol/L HCl. As amostragens do material em suspensão deverão ser mensais, mas os eventos de chuva serão monitorados com maior frequência em função do rápido tempo de resposta do ecossistema, o que poderia levar a obtenção de hidrógrafas distorcidas, com consequente erro na estimativa tanto do material sólido particulado, quanto das cargas dos elementos transportados no período. Com auxílio de molinete, a vazão do ribeirão Guamium será medida em todas as amostragens do material particulado. Planeja-se avaliar a toxicidade dos sedimentos ao plâncton.