Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de atividades aeróbia e anaeróbia combinadas sobre a sinalização da insulina e expressão de transportador de glicose em musculatura esquelética

Processo: 09/13475-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Patricia Monteiro Seraphim
Beneficiário:Danilo Antônio Corrêa Pinto Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Transportador de glucose tipo 4   Treinamento aeróbio   Obesidade

Resumo

A obesidade é uma condição que afeta muitos indivíduos no mundo e está relacionada a vários tipos de disfunções das quais podemos citar a hipertensão, a esteatose hepática não alcoólica e a resistência insulínica. Esta última disfunção está diretamente relacionada ao diabetes mellitus do tipo 2. A resistência também altera a homeostasia glicídica e pode ou não ser acompanhada de hiperinsulinemia (dependendo do estágio de evolução da doença). Esta patologia se dá devido a uma falha na sinalização entre o hormônio e o transportador de glicose GLUT4 em células musculares e adiposas. Este sinal ocorre quando a insulina se liga ao seu receptor na subunidade alfa e propaga este sinal até as subunidades beta, que por sua vez se autofosforilam em resíduos de tirosina fazendo com que assim o sinal seja propagado para o interior da célula, fosforilando e ativando o substrato de receptor de insulina, até chegar ao transportador de glicose. Este transportador é uma proteína de membrana responsável por permitir a entrada da glicose para o interior da célula por meio de difusão facilitada. Alguns fatores atrapalham este sinal causando assim uma resistência ao hormônio, um desses fatores é a atividade pró - inflamatória que em indivíduos obesos está mais acentuada, pois há uma liberação de citocinas pró - inflamatórias como o TNF-alfa e Interleucina - 6. Um meio indireto de avaliar esse grau de inflamação é analisar a expressão do supressor da sinalização de citocinas 3 (SOCS3) que se encontra numa maior expressão quando há uma maior atividade inflamatória. Alguns estudos sugerem que a prática de exercício físico melhora a sensibilidade insulínica e também aumenta a expressão do transportador de glicose até mesmo em animais obesos. O objetivo do trabalho é avaliar o efeito das atividades aeróbia e anaeróbia combinadas sobre a via de sinalização da insulina e expressão de transportador de glicose GLUT4 em músculos esqueléticos. O estudo objetiva também investigar a expressão de proteína supressora de sinalização de citocinas 3 - SOCS3 nas duas musculaturas estudadas para correlacionar com possíveis alterações encontradas na via de sinalização de insulina. Para isso serão utilizados 40 ratos machos Wistar subdivididos em 4 grupos, Controle Sedentário (CS), Controle Exercício (CE), Obeso Sedentário (OS) e Obeso Exercício (OE). Aos grupos obesos (OS e OE)será ofertado uma dieta de cafeteria com alimentos hipercalóricos. Os animais dos grupos exercitados (CE e OE) serão submetidos a dois protocolos de exercício, aeróbio e anaeróbio. O exercício aeróbio será desenvolvido em um ergômetro (esteira), uma vez ao dia. O tempo de iniciação será de 5 minutos durante a primeira semana, aumentando progressivamente por questões adaptativas ao material e à atividade física, sendo que nas últimas semanas o tempo de treinamento será 45 minutos. O treinamento será realizado 3 dias por semana a uma velocidade de 9,75 metros por minuto durante 45 dias. O modelo de treinamento de força será feito 3 x/por semana durante 45 dias em aparelho projetado para realização de movimento do tipo "jump squat". Para a predição de intensidade do treino, será aplicado teste de uma repetição máxima (1RM) a cada duas semanas, e serão trabalhadas porcentagens variando entre 65 e 75% da RM. Serão realizadas 3 séries de 12 repetições, com intervalo de 2s entre uma repetição e outra e intervalos de 1 minuto entre as séries. Uma semana antes do sacrifício os animais serão submetidos ao teste de tolerância à insulina. Após 24 horas da última sessão de treinamento, os animais serão anestesiados. Em seguida procederá a retirada do músculo esquelético glicolítico extensor longo dos dígitos (EDL) e oxidativo (Sóleo). Para a quantificação do gene do GLUT4 e da SOCS3 será utilizada a técnica de RT-PCR e para a analise da expressão da proteína GLUT4 e da fosforilação do receptor de insulina será utilizada a técnica de Western Blotting.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORREA PINTO JUNIOR, DANILO ANTONIO; SERAPHIM, PATRICIA MONTEIRO. Cafeteria diet intake for fourteen weeks can cause obesity and insulin resistance in Wistar rats. REVISTA DE NUTRICAO-BRAZILIAN JOURNAL OF NUTRITION, v. 25, n. 3, p. 313-319, MAY-JUN 2012. Citações Web of Science: 6.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JÚNIOR, Danilo Antônio Corrêa Pinto. Efeito dos exercícios aeróbio contínuo e com pesos combinados sobre a sinalização insulínica e transportador de glicose em musculatura esquelética de ratos obesos. 2012. 74 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.