Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de uma gelatinase de 150 kDa presente no fluido gengival de pacientes com doença periodontal crônica

Processo: 09/13586-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Raquel Fernanda Gerlach
Beneficiário:Leonardo Raphael Zuardi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Saliva   Gelatinases   Metaloproteinases da matriz

Resumo

Metaloproteinases da matriz (MMPs) fazem parte de uma família de endopeptidases que degradam todos os componentes da matriz extracelular em pH neutro. Durante a progressão da doença periodontal crônica, em bolsas periodontais, as MMPs medeiam a destruição da matriz extracelular no sítio periodontal. Nos últimos anos nosso laboratório avaliou a presença de algumas MMPs (particularmente MMP-1, MMP-2, MMP-8 e MMP-9) no plasma, fluido gengival e saliva de indivíduos com doença periodontal crônica e controles. Entre os achados, verificamos a presença de uma banda gelatinolítica ~150 kDa em géis de gelatina no fluido gengival de pacientes com doença periodontal crônica, que é compatível com uma forma dimérica da MMP-9 ativa. Esta forma nunca foi descrita no fluido gengival e não foi caracterizada bioquimicamente. O objetivo deste projeto é caracterizar esta gelatinase ~150 kDa presente no fluido gengival. Isso será feito inicialmente utilizando-se anticorpos contra MMP-9 e Western-Blotting e imunoprecipitação. Confirmando-se ou não a afinidade desta forma por anticorpos contra a MMP-9, o próximo passo será tentar purificar quantidades razoáveis desta forma em coluna de gelatina, para que se possa fazer a redução com DTT e a caracterização por espectrometria de massas. Esta gelatinase ainda não descrita no fluido (possivelmente um dímero da MMP-9 ativa) e pode ter importância na progressão da doença e sua adequada caracterização pode levar a novos métodos diagnósticos e de seguimento da resposta ao tratamento.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZUARDI, Leonardo Raphael. Concentrações salivares, sanguíneas e plasmáticas de Óxido Nítrico em pacientes com Doença Periodontal antes e depois do tratamento periodontal não cirúrgico. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.