Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de danos no DNA nos leucócitos mononucleares e polimorfonucleares em equinos das raças Árabe e Crioula submetidos a exercícios anaeróbico e aeróbico em esteira e suplementados com vit. e

Processo: 09/53314-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Aguemi Kohayagawa
Beneficiário:Tatiana de Sousa Barbosa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cavalos   Ensaio cometa   Antioxidantes   Respiração celular

Resumo

Durante o exercício físico exaustivo em eqüinos ocorre maior produção, liberação e propagação de radicais livres que são responsáveis por danos oxidativos que afetam a integridade celular e desencadeiam maior lipoperoxidação e lesão de DNA. Para avaliar, no ponto de vista bioquímico e molecular dos leucócitos periféricos, o efeito do exercício e da suplementação com vitamina E sobre as espécies reativas de oxigênio, este projeto objetiva determinar o nível de lipoperoxidação e de lesão de DNA ocasionado pelos exercícios anaeróbico e aeróbico. Dez eqüinos das raças Árabe (n=5) e Crioula (n=5) serão submetidos aos testes de exercício de rápida aceleração e curta duração (RA) e exercício de baixa intensidade e longa duração (LD) em esteira. Inicialmente realizará um teste padrão de exercício progressivo (TPEP) para determinar a carga de trabalho para cada animal, baseado no consumo máximo de oxigênio para RA e LD. Após sete dias, serão submetidos a RA e com mais sete dias de intervalo a LD. Posteriormente terá início à suplementação com vitamina E por 45 dias sem interrupção até o final do experimento, e haverá repetição do mesmo protocolo dos testes iniciais. Para a avaliação do estresse oxidativo e da lipoperoxidação será determinado o malondialdeído, cortisol e vitamina E séricos e a susceptibilidade à lesão oxidativa dos leucócitos será determinado por meio do teste do cometa utilizando as enzimas de restrição. Assim, este trabalho poderá elucidar algumas questões ainda não esclarecidas e contribuir para o conhecimento dos efeitos da suplementação de vitamina E sobre o estresse oxidativo durante a prática de exercícios nos eqüinos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BARBOSA, Tatiana de Sousa. Lesões oxidativas e atividade antioxidante em equinos submetidos a exercícios em esteira e suplementados com vitamina E (dl-alfa-tocoferol). 2012. 68 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.