Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção enzimática de biodiesel em reator de leito fluidizado convencional e magneticamente estabilizado

Processo: 09/15454-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Heizir Ferreira de Castro
Beneficiário:Weriton Renan Rodrigues Fidalgo
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Biocatálise   Biodiesel   Reatores de leito fluidificado   Lipase   Álcool de polivinil   Processo sol-gel

Resumo

O presente projeto tem como objetivo aprimorar a tecnologia de síntese enzimática de biodiesel pela rota etílica. Tem-se como proposta a transesterificação do óleo de babaçu com etanol mediada pela enzima lipase em fluxo contínuo empregando reator de leito fluidizado, visando aumentar a produtividade do sistema, bem como obter biodiesel com propriedades adequadas à sua utilização como biocombustível e com possibilidade de aplicação do processo em escala industrial. A produção de biodiesel por catálise enzimática tem o potencial de superar os problemas da tecnologia clássica com catalisador básico, apresentando como vantagens a ausência de produção de sabões, a facilidade de recuperação da glicerina, subproduto do processo, e o tratamento simplificado de efluentes não alcalinos. No desenvolvimento deste projeto, a enzima será imobilizada em suporte híbrido sílica-álcool polivinílico (SiO2-PVA) obtido pela técnica sol-gel, sendo que as seguintes modificações no suporte de imobilização da enzima serão empregadas como estratégia de maximização do processo conduzido em reator de leito fluidizado: alteração da granulometria; teste de diferentes agentes de ativação; uso de outro componente orgânico (²-ciclodextrina) na obtenção do suporte híbrido em substituição ao PVA e; magnetização do suporte. A primeira etapa do projeto será baseada na utilização de reator de leito fluidizado convencional empregando lipase de Burkholderia cepacia imobilizada. Serão testadas diferentes condições reacionais, tais como temperatura e vazão de alimentação. A segunda etapa será direcionada para a utilização de reator de leito fluidizado magneticamente estabilizado. Os resultados obtidos nessas duas configurações serão comparados visando-se à seleção da melhor configuração de reator. A execução do projeto auxiliará no fortalecimento de uma importante área de estudos na Escola de Engenharia de Lorena (EEL), além contribuir para o desenvolvimento de tecnologias nacionais de processos enzimáticos em escala industrial para a fabricação de produtos de interesse econômico, ambiental e social. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FIDALGO, WERITON R. R.; CERON, ANNIE; FREITAS, LARISSA; SANTOS, JULIO C.; DE CASTRO, HEIZIR F. A fluidized bed reactor as an approach to enzymatic biodiesel production in a process with simultaneous glycerol removal. JOURNAL OF INDUSTRIAL AND ENGINEERING CHEMISTRY, v. 38, p. 217-223, JUN 25 2016. Citações Web of Science: 12.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FIDALGO, Weriton Renan Rodrigues. Produção enzimática de biodiesel em reator de leito fluidizado a partir da etanólise do óleo de babaçu: estabelecimento das condições reacionais e operacionais. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de Lorena Lorena.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.