Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento mínimo de laranja: tipos de corte, sanitização, centrifugação eatmosfera modificada

Processo: 06/05468-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Angelo Pedro Jacomino
Beneficiário:Marcia Yuriko Iuamoto
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Fluxograma   Alimentos minimamente processados   Citrus sinensis   Laranja   Pós-colheita

Resumo

O processo de urbanização e modernização da sociedade exige mudanças nos hábitos alimentares. A demanda por produtos beneficiados, de maior valor agregado e com qualidade é crescente. Neste cenário, o mercado de frutas minimamente processadas tem grande potencial de crescimento. O processamento mínimo de laranjas se justifica devido à dificuldade do descascamento e ao odor deixado nas mãos neste procedimento. Estudos de descascamento de laranja ‘Pêra’ pelo uso de tratamento hidrotérmico já tiveram início na ESALQ e mostram grande potencial do uso desta técnica no processamento mínimo desta fruta. Neste trabalho, pretende-se determinar o melhor fluxograma para o processamento mínimo de laranjas ‘Pêra’ (Citrus sinensis L. Osbeck). Serão estudados tipos de corte, necessidade e tempo de centrifugação, e necessidade e tipo de sanitização que proporcionam a melhor manutenção da qualidade da laranja minimamente processada. Após a determinação do fluxograma, será estudado o comportamento dos frutos em diferentes atmosferas modificadas visando o maior tempo de conservação. Serão realizadas análises físico-químicas, microbiológicas, sensoriais, etanol e acetaldeído, extravasamento de suco e monitoramento de composição gasosa dentro das embalagens. O delineamento de cada experimento será inteiramente aleatorizado, em esquema fatorial (tratamento x dias de análise), sendo que cada tratamento conterá 6 repetições para cada dia de análise. Cada repetição será composta por uma bandeja contendo aproximadamente 200g de laranja minimamente processada. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (5%).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARCIA YURIKO IUAMOTO; ANGELO PEDRO JACOMINO; CLAUDIA FABRINO MACHADO MATTIUZ; ALINE PRISCILLA GOMES DA SILVA; RICARDO ALFREDO KLUGE; MARIA CECÍLIA DE ARRUDA-PALHARINI. Sanificação e eliminação do excesso de líquidos em laranja 'Pêra' minimamente processada. Brazilian Journal of Food Technology, v. 18, n. 2, p. 85-92, Jun. 2015.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
IUAMOTO, Marcia Yuriko. Processamento mínimo de laranja \'Pera\': tipo de corte, sanitização, centrifugação e atmosfera modificada. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.