Busca avançada
Ano de início
Entree

Ativação de "toll like receptor" (TLR) no hipotálamo de ratos e a modulação do balanço energético: o papel das proteínas AMPK/ACC e mTOR

Processo: 09/16775-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Everardo Magalhães Carneiro
Beneficiário:Daniele Cristina Vitorino
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/07388-1 - Ativação de toll like receptor no hipotálamo de camundongos e a modulação do balanço energético: a papel das proteínas AMPK/ACC e mTOR, BE.EP.DR
Assunto(s):Hipotálamo   Serina-treonina quinases TOR   Receptores toll-like   Proteínas quinases ativadas por AMP

Resumo

A prevalência da obesidade e de indivíduos com sobrepeso vem aumentando de maneira expressiva, devido principalmente a fatores comportamentais. Entretanto, o corpo humano foi "programado" para garantir sua sobrevivência em ambientes hostis, onde a disponibilidade de comida era imprevisível; com isso, a herança genética de nossos ancestrais voltada para a economia de energia associada aos fatores comportamentais da vida moderna contribui ainda mais para o crescimento desta epidemia.No hipotálamo, a insulina e a leptina atuam sobre neurônios que são responsáveis pela saciedade e pelo gasto energético, além de modularem a atividade das proteínas AMPK, ACC e mTOR, as quais estão envolvidas no controle do balanço energético hipotalâmico.Atualmente, os processos inflamatórios que acompanham o quadro de obesidade tem sido alvo das pesquisas que buscam entender sua origem. Citocinas pró-inflamatórias são responsáveis por ativarem serina quinases, que por sua vez fosforilam em serina proteínas que participam da via de sinalização da leptina e da insulina, interferindo na propagação do sinal intracelular desses hormônios. O consumo elevado de gorduras saturadas e a presença de patógenos podem levar a um aumento na expressão dessas citocinas através da ativação de receptores do tipo TOLL LIKE RECEPTOR (TLR). Sendo assim, a interferência nas vias de sinalização desses hormônios por moléculas provenientes da ativação do TLR pode gerar um desbalanço energético entre o ganho e o gasto calórico, podendo levar a obesidade. Logo, a modulação dessas proteínas após a ativação do TLR hipotalâmico pode ser um importante evento desencadeador dos processos inflamatórios crônicos; esses receptores também são alvos terapêuticos, além de contribuir para a elucidação de alguns dos complexos eventos que participam da gênese da obesidade. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da ativação do TLR sobre a modulação da via AMPK/ACC e mTOR no hipotálamo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTOS, G. A.; MOURA, R. F.; VITORINO, D. C.; ROMAN, E. A. F. R.; TORSONI, A. S.; VELLOSO, L. A.; TORSONI, M. A. Hypothalamic AMPK activation blocks lipopolysaccharide inhibition of glucose production in mice liver. Molecular and Cellular Endocrinology, v. 381, n. 1-2, p. 88-96, DEC 5 2013. Citações Web of Science: 10.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.