Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da próstata de gerbilos senis, machos e fêmeas, expostos ao etinilestradiol durante o período pré-natal e puberal

Processo: 09/16790-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Sebastião Roberto Taboga
Beneficiário:Ana Paula da Silva Perez
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Próstata   Reprodução   Puberdade   Estradiol

Resumo

O desenvolvimento prostático está sob regulação hormonal, sendo mediado primariamente por andrógenos que ordenam o crescimento e a diferenciação dessa glândula. Entretanto, o desenvolvimento prostático é sensível a outras proteínas e hormônios esteróides, incluindo o estrógeno. A formação embriológica da próstata feminina humana e de roedores ocorre em um ambiente isento de hormônios esteróides, porém a secreção desses hormônios pelos ovários e pela glândula adrenal promove a diferenciação e atividade secretória da glândula na vida adulta. No entanto, sabe-se que, durante a gestação fetos machos são expostos no útero a estrógeno maternal que são capazes de eliciar proliferações patológicas aberrantes no animal adulto. A respeito disso, pouco se sabe sobre a real ação do estrógeno nas próstatas de ambos os sexos, principalmente quando se leva em consideração o comportamento de ambas às próstatas durante a alteração do balanço hormonal entre andrógenos e estrógeno que ocorre nas fases da puberdade e durante o envelhecimento das glândulas. Assim o presente estudo tem como objetivos avaliar a morfofisiologia da próstata de machos e fêmeas senis que foram expostos à níveis de estrógeno sintético (etinilestradiol) em diferentes fases: 1) durante à vida intrauterina, 2) no início da puberdade e 3) durante a vida intrauterina e posteriormente, no início da puberdade. As próstatas serão submetidas a análises morfológicas, morfométrico-estereológica, imunocitoquímicas e ultraestrutural. Então os resultados poderão elucidar a real ação da exposição exógena de estrógenos nas fases de desenvolvimento e da puberdade da próstata masculina e feminina e seus reflexos durante o envelhecimento.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANTONIASSI, JULIA QUILLES; FOCHI, RICARDO ALEXANDRE; GOES, REJANE MAIRA; LEITE VILAMAIOR, PATRICIA SIMONE; TABOGA, SEBASTIAO ROBERTO. Corticosterone influences gerbil (Meriones unguiculatus) prostatic morphophysiology and alters its proliferation and apoptosis rates. International Journal of Experimental Pathology, v. 98, n. 3, p. 134-146, JUN 2017. Citações Web of Science: 1.
PEREZ, ANA P. S.; BIANCARDI, MANOEL F.; CAIRES, CASSIA R. S.; FALLEIROS-JUNIOR, LUIZ R.; GOES, REJANE M.; VILAMAIOR, PATRICIA S. L.; SANTOS, FERNANDA C. A.; TABOGA, SEBASTIAO R. Prenatal exposure to ethinylestradiol alters the morphologic patterns and increases the predisposition for prostatic lesions in male and female gerbils during ageing. International Journal of Experimental Pathology, v. 97, n. 1, p. 5-17, FEB 2016. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.