Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo do proteinograma sérico de equinos acometidos por cólica natural ou experimental.

Processo: 09/17263-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Áureo Evangelista Santana
Beneficiário:Andressa Francisca Silva Nogueira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/08046-7 - Estágio de pesquisa junto à Unité Pédagogique Equine da Vetagro SUP Campus Vétérinaire de Lyon - França, BE.EP.DR
Assunto(s):Patologia clínica   Eletroforese de proteínas   Proteínas da fase aguda   Equinos   Cólica   Eletroforese

Resumo

Nos casos de cólica natural, devido à grande variabilidade no tempo de evolução e número de intervenções cirúrgicas, é frequente o desenvolvimento de processos inflamatórios e infecciosos. Em cólicas induzidas experimentalmente, estas variáveis são pré-estabelecidas e, os processos inflamatórios e infecciosos são desencadeados, na maioria das vezes, apenas pelo trauma cirúrgico. Com o objetivo de avaliar e comparar o perfil eletroforético das proteínas séricas de equinos com cólica de ocorrência natural com aquele de animais com cólica experimental, utilizar-se-ão de 27 animais distribuídos em cinco grupos experimentais: G1- seis equinos apresentando cólica natural, submetidos ao tratamento cirúrgico e sobreviventes; G2 - seis equinos com cólica natural, tratados cirurgicamente, vindo a óbito ou sendo sacrificados sete a dez dias após a cirurgia; G3 - seis equinos com cólica experimental em porção de intestino delgado; G4 - seis equinos com cólica experimental em porção de intestino grosso; e G5 - três equinos, hígidos, submetidos apenas aos procedimentos cirúrgicos. Amostras de sangue serão colhidas mediante venipunção jugular imediatamente antes, e após a laparotomia, e diariamente até o sétimo dia pós-operatório, e processadas para obtenção das proteínas séricas totais, determinadas pelo método do biureto, e suas frações por eletroforese em gel de poliacrilamida. Os resultados obtidos para tais variáveis serão analisados e correlacionados com o tempo de evolução, seção intestinal obstruída e leucograma. Por fim, pretende-se investigar se os achados seroprotéicos e suas correlações podem auxiliar no diagnóstico precoce e prognóstico de complicações da síndrome cólica em equinos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NOGUEIRA, Andressa Francisca Silva. Análise multivariada de leucograma e da resposta de fase aguda em equinos acometidos por síndrome cólica de origem natural ou experimental. 2014. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.